Tempo
|
Euranet
Visto de Bruxelas
Semanalmente, um olhar sobre a atualidade europeia. Quinta às 13h.
A+ / A-
Arquivo
Cimeira=pandemia
Cimeira=pandemia

VISTO DE BRUXELAS

Cimeira=pandemia

17 dez, 2021 • Vasco Gandra


Mais uma cimeira europeia marcada pela pandemia. Face ao agravamento da situação na União e à nova variante Ómicron, os líderes europeus reiteram a importância de fazer chegar a vacinação a todos e de aplicar as doses de reforço.

A presidente da Comissão alerta para a propagação rápida da nova variante. "Mesmo quando ainda lutamos contra a Delta, sabemos que a variante Ómicron está realmente a ameaçar-nos. Está a espalhar-se a um ritmo feroz e tem potencialmente o risco de escapar às nossas vacinas, pelo menos parcialmente. Sabemos que os nossos sistemas de saúde estão sobrecarregados neste momento e isto está em parte ligado ao grande número de pacientes não vacinados".

Ursula von der Leyen também diz que a Europa está agora em melhor situação do que há um ano, graças à vacinação.

Entretanto, os Estados-membros deverão adquirir 180 milhões de doses de vacinas adaptadas à nova variante. António Costa diz que Portugal está preparado para avançar após a primavera com a 4.ª dose da vacina, se for necessário.

Os líderes europeus também defendem uma abordagem coordenada nas restrições às viagens dentro da UE. No entanto vários Estados-membros como Portugal estão a pedir testes negativos a quem entra no país mesmo que tenha certificado digital. Portugal deverá aliás prolongar em janeiro as medidas restritivas nas fronteiras.

Nesta longa cimeira, os líderes discutiram igualmente os preços da energia. Sem acordo voltam ao assunto no próximo encontro.

De resto uma cimeira marcada na frente da política externa pela situação na fronteira da Ucrânia e o reforço do dispositivo militar russo. Os líderes europeus afirmam que qualquer nova agressão militar contra a Ucrânia provocará uma resposta com gravíssimas consequências e enormes custos, o que poderá incluir sanções.

Este conteúdo é feito no âmbito da parceria Renascença/Euranet Plus – Rede Europeia de Rádios. Veja todos os conteúdos Renascença/Euranet Plus
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.