Tempo
|
Henrique Raposo n´As Três da Manhã
Quartas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Rendeiro “acha que é um cidadão de primeira” - Henrique Raposo
Rendeiro “acha que é um cidadão de primeira” - Henrique Raposo

Henrique Raposo

Rendeiro “acha que é um cidadão de primeira”

29 set, 2021 • Marta Grosso


Henrique Raposo comenta o caso da fuga de João Rendeiro, condenado em três processos relacionados com o caso BPP.

“Estamos a falar de alguém que foi condenado sucessivamente por burla, não cumpre a sua palavra”, recorda o comentador d’As Três da Manhã.

Henrique Raposo sublinha que, apesar de falhas na justiça, “é esta personagem que está em causa”. João Rendeiro “é a caricatura do banqueiro que acha que é um cidadão de primeira e o resto é de segunda; acha que pode fugir da justiça e acha que é um lutador pela liberdade, como Sócrates e Isabel dos Santos”, diz.

E não compreende a promessa de recurso a tribunais internacionais. “Só estou a ver o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, mas João Rendeiro, pelo que percebo, nunca disse que não fez aquilo”.

Henrique Raposo fala ainda dos juízes portugueses, que, no seu entender, “parece que vivem nos processos que não vivem na realidade”.

“A justiça tem de ser mais rápida, senão permite criar uma imagem populista”, avisa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Pestana
    29 set, 2021 Funchal 17:39
    Quem está mal não é o fugitivo, mas o nosso sistema de justiça. Fraco com os ricos e forte com os pobres.