Tempo
|
Cartaz CCB
Vai para o ar ao domingo, no início de cada mês. Neste programa, emitido entre as 13h00 e as 14h00, poderá ouvir os destaques mensais do Centro Cultural de Belém (CCB).
A+ / A-
Arquivo

CCB associa-se às comemorações dos 200 anos da independência do Brasil

04 set, 2022 • Maria João Costa


Já dia 11 de setembro realiza-se o concerto inaugural da temporada no CCB.

O Centro Cultural de Belém associa-se à comemoração dos 200 anos da Independência do Brasil.

O Grande Auditório recebe a 8 de setembro às 21h00, a Orquestra Filarmónica de Minas Gerais. Na sua primeira digressão pelo nosso país, esta orquestra brasileira traz no reportório obras do compositor português Braga Santos, de Villa-Lobos com as bachianas brasileiras e tocará ainda Carlos Gomes. A direção de orquestra é do brasileiro Fábio Machetti.

Também para debater os 200 anos da independência do Brasil, o CCB organiza um ciclo de pensamento no dia 9.

Na mesa-redonda, marcada para as 18h30, participam da Universidade de São Paulo a académica Íris Kantor e da Universidade Nova de Lisboa, Jorge Pedreira. A moderação é de Diogo Ramada Curto.

Ainda no Cartaz CCB, a 11 de setembro tem o concerto inaugural da temporada, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa a tocar às cinco da tarde no Grande Auditório. No concerto dirigido pelo maestro Pedro Neves vão interpretar Beethoven e Brahms.

Se preferir fado, “Há Fado no Cais”, a 23 de setembro com Ana Sofia Varela, um concerto marcado para as nove da noite no pequeno auditório, para o qual também pode comprar bilhete para a transmissão digital e assistir sem sair de casa.

São estas as propostas do Cartaz CCB de setembro. Agora é só escolher o que quer ver e ouvir.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.