Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

Superliga Europeia

UEFA pondera expulsar Chelsea, Real Madrid e Manchester City da Liga dos Campeões

19 abr, 2021 - 18:34 • Redação

Organismo volta a reunir na sexta-feira para um comité executivo extraordinário para decidir futuro dos clubes que fundaram a Superliga Europeia.

A+ / A-

Jesper Moller, elemento que integra o comité executivo da UEFA, defende que os clubes que funderam a Superliga Europeia devem ser expulsos imediatamente das competições europeias, mesmo as que ainda estão em competição na Liga dos Campeões e Liga Europa.

Real Madrid, Manchester City e Chelsea são as equipas fundadoras da nova competição que estão nas meias-finais da Liga dos Campeões, enquanto que Manchester United e Arsenal estão ainda a disputar a Liga Europa.

"Têm de sair e espero que isso suceda já esta sexta-feira. Depois decidimos como terminaremos esta edição. Haverá um comité executivo extraordinário na sexta-feira. Penso que os 12 clubes serão expulsos da Liga dos Campeões e da Liga Europa. Espero que a UEFA impeça o Real Madrid, o Manchester City e o Chelsea de disputarem as meias-finais da Champions esta época", disse, à Reuters.

Sobre o castigo aos jogadores dos 12 clubes de não poderem representar as respetivas seleções, incluíndo o Euro2020 neste verão, Moller explica que os jogadores poderão ter uma janela de oportunidade para deixarem os clubes.

"Os acordos em vigor tornam-se nulos quando os clubes deixam as estruturas atuais. Os jogadores são livres para decidir se fazem parte de uma comunidade, desde que mostrem solidariedade com os restantes intervenientes", abrindo à porta às rescisões.

24 horas de caos no futebol europeu

A criação de uma Superliga Europeia de futebol foi anunciada no domingo por 12 dos principais clubes de Espanha, Inglaterra e Itália, que pretendem desenvolver uma competição de elite, concorrente da Liga dos Campeões, em oposição à UEFA.

“Doze dos clubes europeus mais importantes anunciam a conclusão de um acordo para a criação de uma nova competição, a Superliga, que será regida pelos seus fundadores”, informam os promotores da iniciativa, em comunicado.

AC Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, FC Barcelona, Inter de Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham “uniram-se na qualidade de clubes fundadores” da Superliga, indica o comunicado.FC Porto rejeita convite.

O FC Porto recebeu contactos informais para integrar a Superliga Europeia, mas Pinto da Costa esclarece que rejeita o convite, por considerar que a nova competição viola as normas da UEFA e da União Europeia.

"Tivemos contactos informais, mas não demos grande atenção. Em primeiro lugar, porque a União Europeia não permite que haja provas em circuito fechado como há nos Estados Unidos, por exemplo. Em segundo lugar, estando a nossa Federação contra isso e fazendo ela parte da UEFA, nós, enquadrados nesse quadro, não podemos estar a participar numa coisa que é contra os princípios e regras da UE e da UEFA", explica o presidente do FC Porto.

Benfica e Sporting também já se mostraram contra a criação da competição.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+