Cimeira do Porto." A lógica das reuniões europeias não é a das surpresas"

06 abr, 2021 - 20:08 • José Pedro Frazão e Miguel Rato (imagem)

O Conselho Europeu de 7 e 8 de maio, no Porto, não sairá muito do guião apresentado há um mês por Bruxelas. Em entrevista à Renascença, Augusto Santos Silva lembra que a 'Garantia para a Infância' do plano de ação do Pilar Europeu dos Direitos Sociais obrigará a metas nacionais de combate à pobreza infantil. O que esperar mais do Conselho Europeu do Porto na área social ? "Quem gosta de surpresas vai a um jogo de futebol", responde o ministro dos Negócios Estrangeiros a meio da Presidência Portuguesa da União Europeia.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.