Tempo
|
A+ / A-

António Pacheco

Benfica não tem sabido gerir ruído exterior

21 jan, 2021 - 12:44 • João Fonseca

António Pacheco recusa falar de uma época falhada e aconselha a uma concentração de esforços nas provas em que o Benfica continua a competir. Clube não tem sabido gerir regresso de Jesus, investimento de muito dinheiro e reeleição de Vieira, defende o antigo jogador.

A+ / A-

O Benfica continua à procura de melhores dias e de acordo com António Pacheco amarrado "ao facto de Jesus ter regressado, por ter investido muito dinheiro, pela reeleição de Luís Filipe Vieira", mas também pela crescente oposição.

O antigo extremo esquerdo das águias confessa em Bola Branca que desportivamente a situação "não está tão má" como parece, mas o clube já devia ter definido "campeonato, Taça de Portugal e Liga Europa como prioridades", deixando para trás a Supertaça e a Taça da Liga.

António Pacheco sente que a concentração mental, e "numa época atípica", deve virar-se para o que falta, sendo que a próxima semana coloca vários desafios. Nacional para o campeonato, Belenenses para a Taça de Portugal e de novo a Liga diante do líder Sporting.

Com os leões trata-se, considera um "jogo-chave", já que o Benfica, estando atrás do Sporting na classificação, "terá de dar uma demonstração que quer mudar de lugar".

"Como o Benfica não fez um bom início de época os jogos são cada vez mais decisivos. Porque, se ganhar é normal, se perder pode ter problemas. A importância dos jogos é muito grande, principalmente com os adversários diretos", concretiza o antigo internacional português.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+