Tempo
|
A+ / A-

​Diocese espanhola vende bens para ajudar os mais pobres

19 jan, 2021 - 17:41 • Ana Lisboa

Promessa do arcebispo de Valência vai agora ser concretizada.

A+ / A-

O cardeal Antonio Cañizares, arcebispo de Valência, anunciou a criação da Fundação Diocesana de Pauperibus que tem como propósito "aliviar as necessidades dos mais pobres e vulneráveis" agravadas pela pandemia da Covid-19.

A instituição irá, assim, trabalhar "a favor dos mais pobres e contra a pobreza, encarregando-se para isso das necessidades mais urgentes dos mesmos".

Nesse sentido, a diocese vai vender bens patrimoniais próprios entre eles, "cerca de quarenta quadros pertencentes ao arcebispado, algumas esculturas e também imóveis", informou o Cardeal na sua carta semanal. Será tudo exposto publicamente.

Por outro lado, o arcebispo Cañizares acrescentou que a Fundação "estará aberta a receber doações de pessoas e instituições e doações de outras pessoas e instituições civis e sociais".

De acordo com a revista de atualidade religiosa 'Vida Nueva', "o arcebispo cumpre a promessa feita na sua mensagem de Natal: pôr à venda bens patrimoniais da Igreja Valenciana com destino a "aliviar os mais pobres e vulneráveis".

Nessa nota, o cardeal explicava que esta iniciativa pretende ser "testemunho vivo de que Deus quis nascer pobre entre os mais pobres, os seus preferidos".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+