Tempo
|
A+ / A-

Sporting

Rúben Amorim responde à Associação de Treinadores. "O Miguel Oliveira não tem carta e safa-se muito bem"

14 jan, 2021 - 18:32 • Redação

José Pereira queria o treinador do Sporting fora da área técnica enquanto tira o curso de nível IV. Rúben Amorim feliz por já poder dar a cara nas derrotas e eliminações.

A+ / A-

Rúben Amorim respondeu, esta quinta-feira, ao presidente da Associação Nacional de Treinadores (ANTF), que defendeu que o facto de ainda estar a tirar o curso de treinador de nível IV devia impedi-lo de exercer as funções de treinador principal do Sporting.

"Quem anda a tirar a carta de condução não está apto para conduzir", afirmou José Pereira, em declarações a Bola Branca. Em conferência de imprensa, Rúben Amorim respondeu com MotoGP: "O Miguel Oliveira não tem carta e safa-se muito bem na vida."

O presidente da ANTF discorda da norma, já aprovada há algum tempo pela Liga de Clubes, que prevê que, estando Rúben Amorim inscrito como formando de "grau IV - UEFA Pro", pode, durante seis meses, figurar na ficha de jogo como treinador principal do Sporting. Em termos práticos, Amorim poderá agora dar indicações à sua equipa e estar de pé na área técnica, função que cabia antes a Emanuel Ferro. No final do jogo, Amorim poderá agora também prestar declarações à operadora que detém os direitos televisivos.

Poder dar a cara nas derrotas


O técnico do Sporting considera que a rotina não muda muito. Mais do que isso, Rúben Amorim está satisfeito por finalmente poder dar a cara nas derrotas e eliminações, algo que não lhe foi possível quando o Sporting saiu da Liga Europa e da Taça de Portugal.

"Nas duas competições de que saímos, foi o Emanuel [Ferro] que deu a cara no fim do jogo e isso não é justo. Sou eu que tenho de dar a cara nesses momentos, sou eu que tenho de estar aqui. Nesse aspeto, fico contente", assumiu o treinador do Sporting.

Rúben Amorim admite que "é um ponto importante" na carreira, visto que o facto de não ter o curso de nível IV "deu tantos problemas" até agora. Ainda assim, o foco já está no próximo jogo: "Se ganhar ao Rio Ave estou bem, seja no banco ou em pé."

O Sporting-Rio Ave está agendado para sexta-feira, às 18h30, no Estádio de Alvalade. Encontro que terá relato em direto na antena da Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    15 jan, 2021 Funchal 13:55
    Não é argumento. Já foram apanhados, médicos, padres, condutores automóveis...sem habilitação legal e desempenhavam bem as funções. No código penal isto é crime. O Dr. Varandas exerce medicina e porquê? Porque tem um diploma, não é verdade? E fico por aqui.