Tempo
|
A+ / A-

OE 2021. António Costa considera “excelente indicador” a abstenção do PCP

24 out, 2020 - 12:55 • Maria João Costa com Lusa

"É normal que quem tem uma visão alternativa e um programa alternativo a este Governo, como a direita e o PSD, esteja contra. Quanto aos outros, é normal e desejável que trabalhemos em conjunto", diz o chefe do Governo.

A+ / A-

O primeiro-ministro, António Costa, considera um “excelente indicador” o facto de o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE 2021).

"O trabalho tem corrido bem. Acho que a decisão de ontem do PCP mostra bem isso", disse Costa, esta sábado, à margem de um encontro da revista "Visão", na Estufa Fria, em Lisboa.

“É um excelente indicador de que é possível, conversando, procurando pontos de entendimento, trabalhar para ter um bom orçamento para o próximo ano”, enfatizou.

Sem se referir expressamente ao Bloco de Esquerda, o primeiro-ministro deixou entender que é aqui que está a "chave" da aprovação: "O Governo, naturalmente, gostaria de ter o voto favorável dos 230 deputados. Mas o orçamento são opções políticas e isso não é possível. É normal que quem tem uma visão alternativa e um programa alternativo a este Governo, como a direita e o PSD, esteja contra. Quanto aos outros, é normal e desejável que trabalhemos em conjunto."

"Creio que o PAN também tomará posição entre hoje e amanhã. Vamos ver como é que os partidos vão trabalhando. Do meu ponto de vista, qual é o limite disto? É o limite da razoabilidade e o bom senso. Temos um longo mês de trabalho pela frente", rematou.

[Notícia corrigida às 16h22]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.