Tempo
|
A+ / A-

Entrevista Renascença

Treinador do Gil Vicente exige "regras claras" e quer ir a Alvalade

18 set, 2020 - 12:45 • Rui Viegas

Sporting-Gil Vicente foi adiado pelas autoridades de saúde devido ao número de casos de Covid-19 no clube minhoto. Rui Almeida, treinador dos gilistas, fala do assunto em exclusivo a Bola Branca.

A+ / A-

Leia também:


Rui Almeida, treinador do Gil Vicente, reafirma, em entrevista exclusiva a Bola Branca, a disponibilidade da sua equipa para "ir a jogo", este sábado, frente ao Sporting, apesar do surto de Covid-19 nas duas equipas.

A partida de Alvalade, a contar para a ronda inaugural da I Liga de 2020/21, foi adiada por decisão das autoridades de saúde, em face dos casos positivos de Covid-19 nos "galos". Há, esta sexta-feira, dez jogadores infetados e isolados. O treinador Rui Almeida, adjunto e elementos do "staff" foram igualmente infetados.

Precisamente no "olho do furacão", o técnico gilista, Rui Almeida, quebrou o silêncio para se pronunciar sobre a situação. O treinador de 50 anos, que contava estrear-se como treinador principal no campeonato português perante os leões, garante que a equipa - apesar das limitações - quer atuar em Lisboa.

"Pessoalmente estou bem, sempre assintomático, e os atletas também, tirando sintomas muito ligeiros em alguns, no início. Está a correr bem, dentro do contexto. Desde sempre, e é a primeira vez que falo publicamente, estivemos e estamos disponíveis para ir a jogo, mesmo com as limitações da equipa", disse.

O treinador pede "regras claras" no protocolo sanitário a que as equipas estão sujeitas. Sem ser taxativo, deixa a entender que as existentes ficam aquém do que deve ser feito para proteger o futebol e o campeonato.

"Foi-nos decretada a quarentena, depois o delegado [de saúde] levantou-nos essa quarentena durante um dia para treinarmos, e voltou a colocar-nos em quarentena. Hoje estamos novamente em quarentena e só foi dada autorização para fazermos testes serológicos e zaragatoa esta manhã. É importante haver regras claras, para que a Liga tenha condições de arrancar de uma forma igual em todos os jogos. É uma questão de definição de regras, sobre quando – e não – um clube tem condições para estar presente num jogo", defende.

Liga ainda tenta jogar. Gil Vicente prepara-se "online"

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte comunicou o adiamento do encontro entre Sporting e Gil Vicente, mas, segundo "ABola" - a Liga Portugal estará a envidar todos os esforços para que a partida se realize mesmo este sábado. Nesta entrevista a Bola Branca, Rui Almeida também não fecha a porta à disputa do desafio.

"Aguardamos só a decisão das autoridades locais, regionais e nacionais. Para já o jogo está cancelado, foi o que nos foi comunicado. Estamos em quarentena, fizemos testes de manhã e é esse o ponto da situação", volta a dizer o técnico, que tem conseguido preparar o grupo disponível à distância. Para o efeito, houve que conjugar-se três factores.

"Haver jogadores com disponibilidade, adjuntos com enorme competência técnica e aceder ao treino ‘live’ como se estive lá", finaliza Rui Almeida.

O Sporting-Gil Vicente tinha o pontapé de saída marcado para este sábado, às 18h30, em Alvalade. O Sporting tem igualmente dez casos positivos de Covid-19, oito dos quais são jogadores e também o treinador Rúben Amorim.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.