Tempo
|
A+ / A-

Fenómeno "Botelhão" no Porto. Governo vai reforçar fiscalização

11 set, 2020 - 10:50 • Celso Paiva Sol com redação

Só na noite de quinta-feira, a PSP levantou 20 autos de contraordenação por consumo de bebidas alcoólicas na via pública.

A+ / A-

Está a aumentar o consumo de bebidas alcoólicas na rua, conhecido por fenómeno “Botelhão”. Já faz parte do planeamento semanal da PSP do Porto ações fiscalização, sobretudo, nas noites de fim de semana e em zonas como a Ribeira, a Cordoaria e a Baixa.

Na quinta-feira, entre as 22h00 e as 2h30 da madrugada, os agentes voltaram a percorrer algumas das principais artérias e praças destas zonas, onde, sem surpresa, encontraram dezenas de jovens a conviver e a beber na via pública.

A polícia esteve na Ribeira, no Jardim da Cordoaria, nas Praças Parada Leitão, Carlos Alberto e Gomes Teixeira, e ainda na Rua Miguel Bombarda.

Sem registo de qualquer incidente, todas as concentrações foram sendo dispersadas. No final da noite, o balanço era de 20 autos de contraordenação por consumo de bebidas alcoólicas na via pública.

O fim de semana começou mais cedo

Se a tendência das últimas semanas se mantiver, a operação da última noite foi apenas a primeira de várias programadas para os próximos dias.

A título de exemplo, no último fim de semana, a PSP do Porto realizou uma centena de ações de fiscalização e sensibilização nas mesmas zonas da cidade.

Nessas três noites, de sexta a domingo, foram abordadas 4.264 pessoas, das quais 24 foram multadas por consumo de álcool na via pública.

Durante as mesmas ações foram encerrados quatro estabelecimentos por violação das normas em vigor, e multados outros sete por incumprimento dos horários de encerramento.

Governo vai reforçar fiscalização

Em declarações à RTP, o secretário de Estado Adjunto revelou que vai haver um reforço da fiscalização deste tipo de situações.

Tiago Antunes lembrou ainda que as medidas - que entram em vigor a partir da próxima terça-feira - visam evitar grandes ajuntamentos e o consumo de álcool na rua.

A situação epidemiológica de Covid-19 em Portugal agravou-se desde meados de agosto, de acordo com um estudo da Direção-Geral da Saúde (DGS) e Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), tendo sido registadas 3.909 novas infeções entre 17 e 30 de agosto.

Na quinta-feira, António Costa anunciou as novas regras para a situação de contingência, que entram em vigor a 15 de setembro.


[notícia atualizada às 12h00]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Jaime Loureiro
    11 set, 2020 13:19
    Notícia actualizada às 12 horas! E mal actualizada! Que português tão "macarrónico"! Uma coisa sou eu a dar erros, outra bem distinta são os órgãos de comunicação social. Que vergonha RR!