Tempo
|
A+ / A-

Porto

Torre dos Clérigos com visitas "fora de horas" no mês de agosto

11 ago, 2020 - 16:51 • Ana Lisboa

O "Clérigos by Night" está de volta. Será possível visitar o ex-líbris da cidade do Porto todos os dias entre as 19h e as 21h.

A+ / A-

Para responder à crescente procura de visitantes, a Irmandade dos Clérigos retomou o programa "Clérigos by Night".

Além do horário habitual da Torre dos Clérigos, é possível fazer visitas ao final do dia, entre as 19h e as 21h para poder apreciar a vista deslumbrante sobre a cidade do Porto, contemplar os seus morros, ruas, praças e monumentos "da Ribeira até à Foz", como diz a canção de Rui Veloso 'Porto Sentido'.

Para isso, é preciso subir os 225 degraus da Torre, "uma subida exigente", e aproveitar essa experiência inesquecível. Existe um elevador, mas agora neste tempo de pandemia "não está a funcionar". Foi a prudência que assim aconselhou, afirmou à Renascença o Padre Manuel Fernando Soares da Silva.

O Presidente da Irmandade dos Clérigos diz que não estão esquecidas as pessoas com mobilidade reduzida. E, nesse sentido, "estamos a preparar várias ferramentas, uma delas é uma plataforma para permitir a estas pessoas terem também o acesso à visita virtual e à visita 360º".

Estas visitas "Fora de horas" ao monumento duram cerca de 30 minutos, ao contrário das restantes que são "assistidas" e que, além de visitar a Torre, incluem a Igreja e o Museu e demoram à volta de 45 minutos.

Depois de estar mais de dois meses encerrada, a Torre dos Clérigos reabriu a 30 de Maio.

O mês de Junho, refere o Padre Manuel Fernando, foi "muito difícil, muito complicado", em que houve apenas 10 mil visitantes. Já o mês de Julho reconhece que "foi muito interessante, tivemos visitas na ordem das 45 mil pessoas". Nos primeiros 10 dias deste mês de agosto, já visitaram o monumento mais de 20 mil pessoas. Fazendo as contas, no total, desde que reabriu em Maio, recebeu a visita de mais de 75 mil pessoas.

Estes números são bastante inferiores aos do ano passado, por causa das limitações impostas pela Direção Geral de Saúde devido à pandemia da Covid-19.

Na reabertura, houve uma primeira fase em que a maioria dos visitantes foram portugueses, sobretudo famílias. Durante o mês de Julho, "começámos a receber a visita de turistas de vários países, na sua maioria espanhóis". Mas há também franceses, alemães, italianos, ingleses, holandeses, entre outros.

A Torre dos Clérigos cumpre todas as normas de higiene e segurança definidas pelas autoridades de saúde. A prova disso é que lhe foi atribuída dois selos: o 'Clean and Safe' promovido pelo Turismo de Portugal e o 'Safe Travels' promovido pelo Word Travel & Tourism Council que são "sinónimo da nossa capacidade de adaptação e que dão também confiança a todos os que nos vão visitar".

Para o Presidente da Irmandade dos Clérigos, "são sinais evidentes de que as agências de turismo e todas as entidades de turismo e as autoridades nesta matéria também confiam e de alguma forma recomendam", o que também "é muito importante para a própria cidade do Porto", sublinha este responsável.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.