|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Pandemia de ​Covid-19

​Covid-19. Há mais um funcionário do Parlamento infetado

04 ago, 2020 - 15:10 • Paula Caeiro Varela

Outros cinco funcionários que tiveram contacto com primeiro caso deram negativo nos testes.

A+ / A-

Veja também:


Há mais um funcionário do Parlamento com Covid-19. Trata-se de um "assistente operacional", que tinha estado em contacto com o primeiro caso detetado, no dia 24 de julho, data do debate do Estado da Nação.

Fonte parlamentar adiantou esta terça-feira à Renascença que o segundo funcionário infetado está assintomático, mas com teste positivo ao novo coronavírus, estando em isolamento desde esse dia.

Os outros cinco funcionários que estiveram em contacto com o primeiro caso identificado testaram negativo, acrescenta a mesma fonte, e também estiveram em isolamento desde a confirmação do primeiro positivo.

O primeiro caso de um funcionário parlamentar infetado com Covid-19 só foi confirmado oficialmente na passada terça-feira, dia 28, apesar de os serviços do Parlamento saberem desde dia 24 de julho.

Os grupos parlamentares também só foram formalmente informados dia 28, quatro dias depois de os serviços terem sido alertados no dia do debate do Estado da Nação, ao final da tarde, através de um e-mail da secretária-geral do Parlamento, quando a notícia já tinha sido avançada pela agência Lusa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • VITOR GOMES
    04 ago, 2020 PORTO 19:03
    Este vírus foi propositado. É como os vírus lançados informaticamente!!!!!!!!!!!!!!!