Projeto português promete pôr paraplégicos a andar (e a sentir o chão)

19 fev, 2020 - 18:53

Um conjunto de investigadores está a dar passos importantes no futuro da neuroreabilitação. Miguel Pais-Vieira e Carla Pais-Vieira, do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica, no Porto, está a desenvolver um projeto pioneiro com Mehrab Khazraei e André Perrota, do Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR): um par de pernas robóticas que podem ser controladas diretamente pela atividade cerebral do utilizador. A técnica é complementada com realidade virtual e feedback tátil e térmico. O projeto é um consórcio internacional que engloba também investigadores da Universidade do Minho, os hospitais de Guimarães e de Braga, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Brasil) e o Instituto Santos Dumont (Brasil).O exoesqueleto é russo e financiado pela Exoatlet.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Reportagem
Eu Eleitor hyper

Eu, eleitor

Retratos do país que vota

Que país é este que vai às urnas? Até às eleições legislativas, a Renascença apresenta retratos de 18 eleitores dos círculos eleitorais de Portugal continental, olhando as características e dificuldades de cada distrito.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.