|
A+ / A-

Chaves

Ricardo Nunes satisfeito por voltar aos treinos após ultrapassar problema oncológico

19 nov, 2019 - 17:57 • Redação

Experiente guarda-redes já está focado em ajudar o Desportivo de Chaves na luta pela subida à I Liga.

A+ / A-

Ricardo Nunes admite estar satisfeito por poder voltar aos treinos no Chaves, após ter ultrapassado um problema oncológico que afastou o guarda-redes de 37 anos dos relvados durante três meses. Em declarações aos meios do clube transmontano, Ricardo está focado em ajudar a equipa alcançar os objetivos, que passam pelo regresso à I Liga.

"Estou feliz por um regresso que esperava ansiosamente, depois de um momento difícil que ultrapassei. É bom regressar a um sítio onde me sinto bem e onde já fui muito feliz. O mais importante é continuar a trabalhar e ajudar os meus colegas a tentar alcançar o objetivo", disse.

A 20 de agosto, o Chaves anunciava que Ricardo era obrigado a colocar a carreira em pausa, depois de lhe ter sido detetado um "grave problema oncológico". Dez dias depois, Ricardo Nunes foi submetido a cirurgia, no IPO do Porto, que correu "muito bem", e manifestou confiança na "recuperação total".

Temia-se que este problema podia representar o final da carreira do guarda-redes português, de 37 anos de idade. Contudo, cerca de dois meses depois, Ricardo está de regresso aos treinos, sem limitações, e vai preparar com os restantes companheiros a receção ao Belenenses SAD, relativa à quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Formado no Varzim, Ricardo cumpre a terceira temporada no Chaves. Conta, ainda, com passagens pela Académica, União de Leiria, FC Porto, Vitória de Setúbal e Chaves, onde jogava desde 2016. Soma mais de 150 jogos no principal escalão do futebol nacional.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.