Pelo menos 13 mortos e mais de 700 detidos em vaga de protestos no Chile

22 out, 2019 - 07:22 • Imagens: Reuters

Três vítimas morreram durante um fogo num supermercado, que terá sido provocado por um ato de pilhagem. Mais de 700 pessoas foram detidas nas últimas duas semanas. O Presidente Sebastián Pinera decretou o estado de emergência para 15 dias na capital e anunciou que vai reunir-se esta terça-feira com os partidos do Governo e da oposição.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.