A+ / A-

Carne de vaca. Ministro Capoulas Santos diz que Universidade de Coimbra cedeu ao "populismo e à demagogia”

19 set, 2019 - 18:27 • Redação

A título pessoal, Capoulas Santos lamenta o que diz ser a “derrota” da educação perante o decreto.
A+ / A-

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, arrasa decisão da Universidade de Coimbra de retirar carne de vaca das cantinas.

Através da rede social Facebook, na sua conta pessoal, Capoulas Santos sublinha ser “amargo constatar que até as paredes da centenária academia são permeáveis ao populismo e à demagogia”.

No mesmo texto, o ministro, a título pessoal, lamenta o que diz ser a “derrota” da educação perante o decreto, educação que, conclui, é a “maior garantia" de liberdade individual.

A Renascença já confirmou, junto do gabinete de Capoulas Santos, tratar-se da conta pessoal do ministro da agricultura.

O “post” é acompanhado de uma fotografia do próprio ministro em ambiente rural, onde é visível uma manada de vacas.

A Universidade de Coimbra (UC) anunciou esta semana que vai eliminar o consumo de carne de vaca nas cantinas universitárias a partir de janeiro de 2020.

Este será o primeiro passo para, até 2030, tornar a UC "a primeira universidade portuguesa neutra em carbono", disse o reitor na cerimónia de receção aos estudantes, disse o reitor Amílcar Falcão.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Noel Santos
    19 set, 2019 Lisboa 23:45
    Não sr. Ministro. As paredes centenárias da universidade são e sempre foram permeáveis à evolução...
  • António dos Santos
    19 set, 2019 Coimbra 21:40
    Este cometário merece o meu total acordo. A atitude da reitoria da UC, revela no lodo em que se está a afundar. Em vez de se preocupar com a qualidade de ensino que oferece, que é desprezível, pela péssima qualidade dos professores "catedráticos", não dos assistentes, dos ditos, que são os únicos que sabem ensinar e trabalhem. Tudo isto, está comprovado no racking das universidades, que está em queda livre. O reitor anda a fizer um circo, para desviar o desvario em que a universidade se encontra. Os palhaços da AAC acompanham porque lhes convém.