A+ / A-

Fátima recebe férias especiais para pais com filhos deficientes

01 ago, 2019 - 16:56 • Ana Lisboa

Está a decorrer até 30 de agosto a 13.ª edição do programa de férias organizado pelo Santuário de Fátima, com o apoio da Congregação dos Silenciosos Operários da Cruz.
A+ / A-

Já arrancaram em Fátima as férias para pais com filhos deficientes.

O programa é composto por cinco turnos, de uma semana cada, que visam proporcionar uns dias de férias a pessoas portadoras de deficiência, garantindo, assim, o descanso aos seus cuidadores, que poderão ficar ou não em Fátima durante este tempo.

Os pais têm duas possibilidades: “vir com os filhos e viverem esta semana com eles ou, então, trazer os filhos e deixá-los ao cuidado de voluntários que se ocupam deles para as atividades da vida diária”, explica o padre Johnny Freire desta congregação.

Este responsável admite que “a maioria entrega os filhos, mas há uma boa quantidade, que aumenta de ano para ano, de pais que ficam com os filhos”.

O sacerdote dos Silenciosos Operários da Cruz reconhece que incentivam a presença dos pais, porque “é uma forma de os tirar do isolamento em que alguns deles vivem. E o facto de contactarem com outros pais, com situações muito semelhantes às deles, também os ajuda a ver que não estão sozinhos, é quase uma partilha de experiências”.

Do programa constam várias atividades dentro e fora do Centro de Espiritualidade Francisco e Jacinta Marto, o local onde ficam todos instalados e que pertence à congregação.

Assim, é proporcionada uma visita ao Santuário “e a partir daí dar a conhecer também a história e o acontecimento central de Fátima. Conhecer também os Valinhos, o lugar das Aparições do Anjo, o lugar da 4ª Aparição de Agosto e também as casas dos videntes. Depois, é proporcionado a todos um dia na piscina em Castanheira de Pera, na Praia das Rocas”. Haverá ainda momentos de oração e aos domingos a celebração da Missa.

Este convívio é importante para os jovens e adultos com deficiência, mas é também fundamental para os voluntários que dedicam o seu tempo de forma gratuita nesta ajuda ao outro. É isso que os move. Não só “crescem” como pessoas, como “aprendem” coisas novas com esta experiência. O padre Johnny Freire refere que quase todos dizem: “eu vim para dar e acabei por receber mais do que aquilo que dei”.

Estas férias têm sido um sucesso. A prova disso é que este ano, pela primeira vez, o Santuário teve de recusar inscrições.

Os números são bastante reveladores: no total vão participar mais de 100 jovens e adultos com deficiência, cerca de 50 pais e à volta de 80 voluntários. Todos mobilizados pelo convite de Jesus “Vem para o meio”, que é o tema que preside a este programa de férias.


guialiga19_20_banner
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.