A+ / A-
Brasil

Vascaíno Valdo a torcer por Jesus. "Vai deixar marca no Flamengo"

17 jun, 2019 - 18:15 • José Pedro Pinto

Antigo bicampeão pelo Benfica, adepto do rival carioca, aconselha JJ a ser "ele mesmo" e a não ligar às críticas que tem ouvido em terras de Vera Cruz.
A+ / A-

Valdo confessa-se incomodado com as críticas que têm sido dirigidas a Jorge Jesus, com a chegada ao comando técnico do Flamengo mas acredita que o ex-treinador de Benfica e Sporting vai ter sucesso no Flamengo.

"E quem diz isto é um vascaíno, sou um rival [risos]", afirma, em entrevista a Bola Branca. A base da opinião do antigo internacional brasileiro, bicampeão pelo Benfica no final dos anos 80 e início dos anos 90, passa pelo currículo de conquistas de JJ no futebol português. Por isso, o conselho é simples.

"Que seja ele mesmo. Se ele chegou onde chegou, é porque tem qualidade. É uma pessoa que fez o trabalho que fez por onde passou, especialmente no Benfica, onde a equipa jogava muito à bola", recorda Valdo.

Quanto às críticas: "Não estou de acordo e é uma falta de respeito para com o Jesus e o futebol português. Tenho a certeza que ele vai fazer um bom trabalho no Flamengo. Foi para o clube certo. Um clube de massas, como o Benfica. Ele vai deixar a sua marca no Flamengo", completa.

Jorge Jesus já está de regresso ao Brasil, depois de um curto período de férias em Portugal, e à partida para o Rio de Janeiro teve oportunidade de dizer que ainda não se apercebeu do "feedback" dos brasileiros à sua contratação.

Jesus estreia-se pelo Flamengo no dia 10 de julho, frente ao Atlético Paranaense, em jogo a contar para os quartos de final da Copa do Brasil.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.