Tempo
|
A+ / A-

Papa na Roménia

Francisco visita este sábado dois bastiões católicos da Roménia

31 mai, 2019 - 23:00 • Aura Miguel

Visita de três dias termina no domingo.

A+ / A-

Veja também:


Primeiro, vai à Transilvânia, onde vai passar a manhã de sábado no santuário mariano de Sumuleu-Ciuc, famoso desde há 500 anos pelas peregrinações em honra de “Nossa Senhora vestida de sol” e ponto de referência de milhares de húngaros que, há séculos, vivem nesta região.

Aqui, o Papa Francisco vai celebrar a sua segunda missa desde que deu início à visita de três dias à Roménia, depois da missa de sexta-feira na catedral católica de São José, em Bucareste, a capital.

Nesta missa são esperados mais de 300 mil fiéis e, no recinto, também participam os bispos e o presidente da Hungria. No final da missa, Francisco vai oferecer a rosa de ouro à famosa Imagem da Virgem, com origem em 1510 e de grande estatura, pois mede 2,27m.

À tarde, o Papa prossegue em registo mariano, mas em Iasi, uma outra cidade na região moldava da Roménia. O programa inclui uma visita à Catedral de Santa Maria e um encontro mariano com milhares de jovens e famílias. Esperam-se em Iasi uns 100 mil fiéis. O Presidente e o primeiro-ministro da Roménia também vão marcar presença.

Há 20 anos, quando João Paulo II visitou este país, desejou muito este encontro com os jovens em Iasi, mas não conseguiu sair de Bucareste. Agora, em 2019, esse desejo cumpre-se com o Papa Francisco.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.