A+ / A-

Ministério Público instaura investigação a deslizamento em Borba

20 nov, 2018 - 12:47

Pelo menos dois mortos e até quatro desaparecidos no incidente de segunda-feira, que irá ser investigado pelas autoridades.
A+ / A-

Veja também


O Ministério Público anunciou esta terça-feira a instauração de um inquérito para apurar as circunstâncias do deslizamento de terras ocorrido na segunda-feira à tarde, perto de Borba.

A instauração de um inquérito é um passo normal num incidente deste tipo.

Pelo menos duas pessoas morreram quando a estrada em que circulavam abateu completamente, sendo engolida por uma pedreira. Há ainda um número indeterminado de desaparecidos, suspeitando-se de que sejam três ou quatro os que foram arrastados para a pedreira quando a estrada desabou.

As autoridades estiveram na manhã desta terça-feira a fazer uma "avaliação no terreno" sobre as condições de segurança para o resgate.

A estrada nacional 255 é ladeada por pedreiras e as suspeitas sobre as condições de segurança não eram novas. Luís Sotomaior, administrador de uma das pedreiras, já tinha alertado a autarquia, há dois anos, para o estado daquela via. O bastonário da Ordem dos Engenheiros, Mineiro Aires, diz que a situação estava identificada pelo menos há quatro anos e já tinha sido equacionada a possibilidade de a encerrar.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.