RR
|
A+ / A-

Vieira nega ilegalidade no Benfica e pondera deixar de contratar e emprestar em Portugal

25 jun, 2018 - 15:40

O presidente do Benfica garante que o clube não aliciou ninguém, recomenda que a Operação Mala Ciao seja estendida a outros clubes. Revela, ainda, que a denúncia anónima que espoletou as buscas na Luz surgiu no norte do país.

A+ / A-

Luís Filipe Vieira garantiu, esta segunda-feira, que não há qualquer prova de ilegalidade no Benfica, relativamente à Operação Mala Ciao, baseado em denúncia anónima "com origem no norte", e revelou que o clube pondera deixar de contratar e emprestar jogadores em Portugal.

O presidente do Benfica admitiu que fora "surpreendido" pelas buscas no Estádio da Luz, esta segunda-feira. Esclarecido, explicou o teor do mandado, em conferência de imprensa: "Estas buscas resultam de mais uma denúncia anónima com origem do Porto e que está a ser investigada pelo DIAP do Porto. Baseia-se em dados falsos envolvendo empréstimos e vendas de jogadores a outros clubes da I Liga".

Vieira assegurou que está "seguro que o resultado não deixará de ser clarificador e isentar o Benfica de qualquer ilegalidade". O líder encarnado recomendou que a investigação seja alargada a outros clubes e deixou uma revelação: "Tudo isto me leva a equacionar se o SL Benfica continuará a emprestar ou contratar jogadores em Portugal".

O presidente do Benfica recordou as decisões favoráveis nos casos dos "vouchers" e dos e-mails e salientou que não "incomoda nada" que a Polícia Judiciária vá à Luz, no entanto, sublinhou que "não é por haver muitas buscas que se prova alguma irregularidade", por parte do clube.

"Não há, não houve, porque não poderia haver qualquer prova de alguma ilegalidade cometida pelo SL Benfica", rematou.

Ainda assim, Vieira considerou grave a forma como as "denúncias anónimas criam suspeições sobre pessoas, instituições e jogadores".

"Posso dizer a qualquer pessoa que nada daquela denúncia faz sentido. Quem faz essas denúncias não sei o que é que pretende. Se vamos começar um campeonato assim já se sabe como é que se está a coagir pessoas", alertou Vieira. E reiterou: "Nunca aliciámos ninguém".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Atento
    26 jun, 2018 Leça da Palmeira, Matosinhos 09:24
    ... é só mais uma ... e já vão 5 ou 6 buscas ... é cabala do Porto ...
  • Mestre Nhaga
    25 jun, 2018 Lissabone 18:24
    Eu também vou deixar de almoçar em Portugal. Sugiro a PJ que tire red pass para ficar com lugar cativo lá para o bairro de Carnide.
  • Americo
    25 jun, 2018 LEIRIA 17:39
    "Não há qualquer prova de alguma ilegalidade cometida pelo Benfica ". Pois não há prova. Socrates II ? Ameaças ? Sócrates II ?
  • Marco Almeida
    25 jun, 2018 Olhão 17:34
    Oh João Santos, comprar resultados isso é mais para profissionais tipo FCP
  • João Santos
    25 jun, 2018 Forte da Casa 16:04
    Então e depois como é que compram resultados ? É pela porta do cavalo ?