A rádio, a Renascença e o futuro? "Vocês fazem cada vez mais televisão"

13 mai, 2016 - 22:49 • Edgar Sousa , Celso Paiva Sol , Bárbara Afonso

Na inauguração da Renascença algumas figuras públicas falaram sobre o futuro da rádio e a importância da Renascença na história da comunicação social portuguesa. Da "concorrência salutar" de Pinto Balsemão, à "garantia de ar puro" de Santana Lopes ou ao desejo de luz de Assunção Cristas, foi assim que se viu e comentou a mudança de uma rádio a fazer 80 anos.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.