Vitorino Silva: "É muito bom as pessoas conhecerem as duas pontas do novelo"

06 jan, 2016 - 22:45

Foi no congresso socialista de 1993 que o autarca de Penafiel, Vitorino Silva, se tornou conhecido como Tino de Rans. 20 anos depois é candidato à Presidência da República. Conta que quando foi eleito presidente da junta de freguesia de Rans, com 22 anos, olhou para o quadro de Mário Soares, na parede do seu gabinete. "Às tantas um dia não vou estar aqui nesta cadeira mas vou estar num quadro não só nesta junta mas em todas as juntas do país", recorda. "É muito bom as pessoas conhecerem as duas pontas do novelo", finaliza.

RSS URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joana Gomes
    08 jan, 2016 Lisboa 17:07
    Esta rádio é uma vergonha de PAULO MORAIS, nada. A vergonha da democracia Portuguesa