A+ / A-
Liga Portugal

FC Porto propôs "limitações de empréstimos". Benfica terá recusado, acusa Francisco J. Marques

13 jun, 2018 - 22:21

Diretor de comunicação enigmático mas com indireta aos encarnados, após assembleia-geral extraordinária da Liga.
A+ / A-

O diretor de comunicação do FC Porto revelou, esta quarta-feira, que uma proposta dos azuis e brancos relativa à "limitação de empréstimos" entre clubes foi chumbada na assembleia geral extraordinária da Liga Portugal, envolvendo indiretamente o Benfica nessa recusa generalizada.

"Hoje a AG da Liga reprovou a proposta do FC Porto para penalizar os expedientes para contornar a limitação de empréstimos entre os clubes. Quando se rejeitam medidas que procuram que todos os competidores estejam em igualdade não se defende o futebol. Adivinhem quem votou contra", "postou", na rede social Twitter.

Os três "grandes" estiveram representados na reunião magna de clubes, na sede da Liga Portugal, no Porto.

Pelo Benfica, marcou presença Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD que, recentemente, se viu envolvido em alguns casos judiciais e nos quais pendem sobre o emblema da Luz suspeitas de irregularidades.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    14 jun, 2018 Trofa 09:21
    O Benfica é que tem a maioria dos votos na Liga? na limitação de empréstimos, votou sozinho e ganhou, espectacular, ou FJM não está a dizer a verdade
  • Anonimo
    13 jun, 2018 Porto 22:45
    O Sr, Francisco J. Marques devia estar calado ao falar do Benfica. Não percebo a raiva que esse senhor tem contra o Benfica, estas guerras absurdas já enjoam