A+ / A-

A cerimónia, os convidados, o vestido e o bolo. Conheça os detalhes do casamento real

18 mai, 2018 - 15:30

Harry e Meghan casam este sábado, em Windsor. 600 pessoas foram convidadas para a cerimónia e vão provar um bolo de limão.
A+ / A-

À medida que se aproxima a data do casamento real, de Harry e Meghan Markle, começam a ser revelados detalhes da cerimónia.

Sabe-se que a última noite de Meghan solteira será na companhia da mãe, num hotel de luxo, a cerca de 14 quilómetros de Windsor. Harry ficará num outro hotel, um pouco mais longe, acompanhado pelo irmão.

Será também na companhia de William que Harry vai chegar à capela. Já Meghan deverá viajar com a mãe.

Meghan chega sozinha ao altar

O pai de Meghan não estará presente na cerimónia. Thomas Markle está a recuperar de um ataque de coração que sofreu na semana passada, diz-se que devido ao stress e à pressão mediática, depois de ter sido revelado que estava a colaborar com "paparazzi" para encenar fotografias que mostravam que estaria a preparar-se para o casamento.

Devido à ausência do pai, será com o futuro sogro, o príncipe Carlos que Meghan vai entrar na igreja. Porém, na parte final do percurso rumo ao altar, o príncipe da Gales deverá afastar-se e a noiva aproxima-se sozinha do futuro marido. A possibilidade desta atitude sem precedentes é avançada pela CNN, que adianta ainda que "Carlos e Harry estão satisfeitos com o plano" de Meghan.

O caso raro de um casamento real ao sábado

A cerimónia está marcada para as 12 horas do próximo sábado, na capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, e será celebrada pelo arcebispo de Canterbury e pelo decano de Windsor. A pedido dos noivos, a homilia será feita pelo bispo norte-americano Michael Bruce Curry.

Esta semana, o palácio de Kensington anunciou que o príncipe George e a princesa Charlotte, filhos de William e Kate, serão os meninos das alianças. Do grupo de crianças que vão acompanhar os noivos fazem também parte filhos de amigos próximos, alguns dos quais são afilhados de um dos membros do futuro casal.

A decisão de casar num sábado rompe com a tradição dos casamentos reais se realizarem num dia de semana. Por exemplo, William e Kate casaram numa sexta-feira. A rainha Isabel II escolheu uma quinta-feira para a sua boda.

O facto de ser um sábado evita também a discussão sobre se o dia de um casamento real deve ou não ser feriado público no Reino Unido, como aconteceu nos casamentos de William e Kate e Carlos e Diana, por exemplo.

A data coincide com a final da Taça de Inglaterra, na qual o príncipe William costuma marcar presença enquanto presidente da Associação de Futebol para entregar o troféu aos vencedores. Contudo, este ano vai falhar o evento, devido ao casamento do irmão, de quem vai ser padrinho.

Depois da cerimónia, a procissão

Após a cerimónia está prevista uma procissão, por volta das 13h. Os recém-casados vão percorrer as ruas entre a capela de São Jorge e o castelo de Windoser numa carruagem puxada a cavalos. Será nessa altura, durante a meia hora de percurso, que o público terá oportunidade de ver de perto Harry e Meghan.

600 convidados com prendas solidárias

A lista de casamento inclui cerca de 600 pessoas que receberam um convite estampado a ouro. Além de anunciarem a data, hora e local, os convites indicavam também as regras de etiqueta a ter em conta - “uniforme ou casaco formal para homem, vestido com chapéu para mulheres”.

Da lista não constam nem a primeira-ministra britânica, Theresa May, nem o presidente dos EUA, Donald Trump, nem o casal Barack e Michelle Obama, amigos do príncipe.

São menos convidados dos que os 1.900 que estiveram presentes no casamento de William e Kate. Isto acontece porque o príncipe Harry não está na linha direta de sucessão ao trono, pelo que não tem a obrigação de convidar líderes políticos de todo o mundo.

Outros 1.200 cidadãos do Reino Unido, escolhidos pela colaboração com as comunidades locais, têm também permissão para assistir à cerimónia nos jardins do Castelo de Windsor. Poderão, assim, ver de perto os noivos a chegar e a partir.

Os príncipes dispensaram os tradicionais presentes de casamento. Em troca, pediram aos convidados que façam donativos a uma das sete instituições de solidariedade social escolhidas pelos noivos.

Vestido no segredo dos deuses

Muito se especula sobre o vestido da noiva, sendo provável que tanto o vestido como o cabelo e a maquilhagem só sejam revelados quando Meghan sair do carro, no próximo sábado.

A registar o momento estará Alexi Lubomirsku, o famoso fotógrafo que realizou também a sessão fotográfica que marcou o anúncio do noivado.

Bolo de limão e sabores de primavera

A ementa da festa está a ser preparada há várias semanas no castelo de Windsor. Segundo a casa real, será dada preferência aos produtos frescos, por exemplo espargos, provenientes de várias quintas locais.

Para sobremesa haverá trufas de chocolate, "macarons" amarelos, leite-creme e biscoitos cobertos com panacotta de manga. Todas as receitas foram previamente testadas - e aprovadas - pelos noivos.

Quanto ao bolo, o casal pediu a Claire Ptak, uma pasteleira londrina, que fizesse um bolo de limão ornamentado com flores, a fazer lembrar os sabores da primavera.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.