Tempo
|

GNR volta à estrada para operação Ano Novo

29 dez, 2011

Na operação Natal morreram 11 pessoas nas estradas portuguesas.

A GNR inicia às 00h00 de sexta-feira a segunda fase da operação "Natal/Ano Novo 2011-12" com um aumento da "regulação e fiscalização" do trânsito nas principais vias do país.

Durante a operação, que se prolonga até às 24:00 de segunda-feira, os militares da GNR vão estar "particularmente atentos" ao controlo da velocidade, à habilitação legal para conduzir, à condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas, bem como ao cumprimento das regras de trânsito.

A Guarda Nacional Republica também vai estar atenta à não utilização do cinto de segurança e sistemas de retenção e à utilização de telemóveis durante a condução.

A GNR refere que as festividades associadas às comemorações do Natal e do Ano Novo provocam um aumento significativo do tráfego rodoviário que pode potenciar uma maior insegurança nas estradas, orientando, por isso, o patrulhamento para as vias mais críticas da sua zona de acção e dando "especial atenção" à fluidez do tráfego, aos comportamentos de risco dos condutores e ao apoio dos utentes das estradas.

Na primeira fase da operação "Natal/Ano Novo", que decorreu entre os dias 24 e 26 de Dezembro, a GNR registou 604 acidentes, de que resultaram 11 mortos e 35 feridos graves.

Comparativamente a 2010, a GNR registou menos 302 acidentes e um morto, mas mais 18 feridos graves.