PS-Madeira assume derrota

09 out, 2011 • Carlos Calaveiras

Partido avisa que o momento do arquipélago é muito difícil e lembra que falta conhecer o plano de austeridade.
PS-Madeira assume derrota
PS-Madeira assume derrota

O candidato do PS-Madeira assume a “derrota” do partido na Madeira, mas lembra que agora “os próximos tempos serão dolorosos”.

Maximiano Martins lembra “o momento da Madeira é muito difícil (…) até porque os madeirenses votaram “sem conhecer as medidas duras que PSD e CDS irão aplicar”.

O PS Madeira promete “denunciar, lutar e ser alternativa” à maioria.

O candidato socialista do arquipélago diz-se “de consciência tranquila porque só perde quem desiste de lutar” mas assume que foi “a cara da candidatura e da estratégia seguida”.

O PS conseguiu 11,5% e elegeu seis deputados regionais, caindo para terceira força no arquipélago.