Tempo
|
A+ / A-

Futebol Americano

De Taylor Swift a Usher. O "lado B" do Super Bowl

12 fev, 2024 - 02:17 • Ricardo Vieira, com Reuters

Enquanto os portugueses dormiam, na madrugada desta segunda-feira, os Kansas City Chiefs e os San Francisco 49ers lutavam pela conquista de jardas e pontos no Super Bowl. Mas as atenções não estiveram apenas centrada no jogo.

A+ / A-
O espetáculo do Super Bowl também se faz ao intervalo
O espetáculo do Super Bowl também se faz ao intervalo

A superestrela Taylor Swift a assistir ao jogo na bancada e o artista Usher a comandar o espetáculo musical ao intervalo foram protagonistas do "lado B" do Super Bowl, a final da liga de futebol americano.

Enquanto os portugueses dormiam, na madrugada desta segunda-feira, os Kansas City Chiefs e os San Francisco 49ers lutavam pela conquista de jardas e pontos no Super Bowl, o ponto alto da modalidade, disputado no Estádio Allegiant, em Las Vegas.

Mas as atenções não estavam apenas centradas no terreno de jogo. A final da liga de futebol americano é um dos acontecimentos do ano nos EUA, dentro e fora de campo.

Dezenas de celebridades, entre as quais Beyonce, Leonardo Di Caprio ou Lana del Ray, foram apoiar as suas equipas nos camarotes VIP do estádio de Las Vegas.

Usher e H.E.R. dão espetáculo durante intervalo da final do Super Bowl 2024. Foto: John G. Mabanglo/EPA
Usher e H.E.R. dão espetáculo durante intervalo da final do Super Bowl 2024. Foto: John G. Mabanglo/EPA

Taylor Swift, personalidade do ano para a revista Time, era a estrela mais aguardada e marcou presença, para torcer pelo namorado Travis Kelce, jogador dos Kansas City Chiefs.

O sempre muito aguardado espetáculo ao intervalo foi uma festa que valeu o bilhete. O músico e produtor Usher foi o mestre de cerimónias e trouxe vários amigos para atuar, como Alicia Keys, Ludacris, Lil' Jon , Jermaine Dupri e will.i.am.

Dentro do retângulo do jogo que movimenta milhões de dólares e faz o país parar, os Chiefs defrontam os São Francisco 49ers, na 58.ª final do Super Bowl, e vão tentar revalidar o título conquistado o ano passado.

Os Chiefs procuram conquistar o terceiro campeonato em cinco temporadas e os 49ers correm pela sexta vitória em seis finais disputadas na NFL, a Liga profissional de futebol americano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+