Tempo
|
A+ / A-

Dia Mundial do Coração

“Oito em cada 10 mortes precoces podiam ter sido evitadas”

29 set, 2023 - 10:00 • Redação

Federação Portuguesa de Cardiologia lembra que o coração é o primeiro órgão a ser formado no corpo humano e também o que mais trabalha, batendo cerca de 115 mil vezes por dia.

A+ / A-

Esta sexta-feira assinala-se o Dia Mundial do Coração, data com o objetivo de informar e sensibilizar sobre as doenças cardiovasculares.

O coração é o primeiro órgão a ser formado no corpo humano e também o que mais trabalha, batendo cerca de 115 mil vezes por dia.

A Renascença falou com o Luís Negrão, assessor-médico da Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC), que partilha dados sobre a saúde cardiovascular em Portugal:

Número de mortes

Uma em cada três mortes ocorridas em Portugal decorre de doenças do coração.

8 em cada 10 mortes precoces podiam ser evitadas

80% das mortes de origem cardíaca, em pessoas com menos de 70 anos, podiam ter sido prevenidas se houvesse um melhor conhecimento do funcionamento do coração e dos fatores de risco.

Parar de fumar

“Só há uma mudança que é preciso que sejamos radicais e mudá-la, que é deixar de fumar”. Luís Negrão frisa que este é o hábito mais benéfico que podemos fazer pelo nosso coração.

“Mais do que mudar, criar o hábito”

Este dia é comemorado em todo o mundo, este ano com o tema “use o coração, conheça o coração”, sublinhando assim a importância deconhecermos melhor o nosso coração para cuidarmos melhor dele.

Luís Negrão sublinha que mudar comportamentos é algo extremamente difícil, mas que criar hábitos, aos poucos, fará a diferença.

O assessor-médico da FPC considera que, além de deixar de fumar, há rotinas que podem tornar-nos mais saudáveis, entre as quais destaca “uma hora todos os dias de caminhada, de maneira que se sinta bem no final do passeio e não cansado; começar a pôr salada no prato, ir pelas escadas em vez do elevador”.

O cardiologista aconselha a ida ao médico de família, profissional que acompanha os utentes regularmente e falarem com ele sobre qualquer mal-estar e dúvidas que tenham sobre o coração.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+