Tempo
|
A+ / A-

Festival de música de Paços de Brandão. “Diversificado, eclético e para todos os tipos de público”

28 set, 2023 - 08:00 • Redação

O festival em Santa Maria da Feira começa a 30 de setembro e termina a 31 de outubro.

A+ / A-

Com nomes como Júlio Resende, Sofia Escobar e Enrico Onofri, o Festival Internacional de Paços de Brandão (FIMUV) vai para a sua 46.ª edição. A Orquestra Filarmónica Portuguesa e o Ballet Contemporâneo do Norte também vão marcar presença.

“A génese do festival é de música erudita, mas temos outros géneros para chegarmos a todo o tipo de público”, explica o diretor do festival, Augusto Trindade.

“O nosso festival é diversificado, eclético e para todos os tipos de público”, acrescenta.

L’Rollin Clarinet Band, uma banda espanhola que centra a sua música no clarinete, vai abrir o festival com um espetáculo ao ar livre na Praça Gaspar Moreira.

A parceria entre o Ballet Contemporâneo do Norte e a Orquestra Filarmónica Portuguesa, “um espetáculo único, que une o bailado e a orquestra” vai ser apresentada, no dia 5 de outubro, no grande auditório do Europarque.

Enrico Onofri, “um artista cotadíssimo, a nível internacional, um dos maiores intérpretes da música barroca, um violinista que está no auge da sua carreira”, diz Augusto Trindade. O violinista e maestro vai atuar a 7 de outubro, na Igreja da Misericórdia.

Dia 13 de outubro atua Fado Bicha e dia 14 Júlio Resende. No dia 13, o pianista vai fazer a apresentação mundial do seu disco à Sony Music e fará o seu primeiro concerto no festival, na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira.

Mozart Group, “um quarteto de quatro excelentes músicos polacos, que alia a música ao humor”, tem lugar dia 21 de outubro. “Existe uma interação constante com o público, têm feito espetáculos e turnês mundiais com grande sucesso e apresentam-se no nosso festival, desmistificando todo aquele plano formal da música erudita”, destaca o diretor do festival.

Com mais de 200 participantes em palco, Sofia Escobar e as quatro “grandes” bandas do concelho de Santa Maria da Feira, “vão criar um espetáculo único” no Europarque, a 29 de outubro.

O festival termina a 31 de outubro com o Círculo de Recreio, Arte e Cultura de Passos de Brandão (CiRAC), que promove o festival.

Pode ver o programa completo aqui.

46 anos de festival. O que diferencia o FIMUV?

“O ponto diferenciador é o aumento cada vez mais do nível dos espetáculos, de desenharmos espetáculos para o grande público, para os jovens. Nesse aspeto, tem sido uma aposta constante para que as pessoas experienciem cada vez mais os próprios espetáculos e não sejam apenas meros espetadores”, afirma Augusto Trindade.

O diretor do festival espera bater o recorde de público do ano passado - 4.500 pessoas. “Acho que vamos conseguir ultrapassar seguramente esse número com o leque de espetáculos que temos”, explica.

“Santa Maria da Feira é uma região muito rica culturalmente, temos muitas escolas de música e um nível de espetadores bem informados. Já temos, inclusive, um público assíduo ao festival”, assegura Augusto Trindade.

“Chega-se a esta altura e as pessoas sabem que durante este mês o festival vai-se realizar e as pessoas já procuram a nossa programação pela grande qualidade que tem”, adiciona.

Augusto Trindade diz que o segredo do sucesso de um festival é “programar para o público e não o diretor artístico programar para si próprio” e termina deixando um apelo: “Venham à nossa região, venham a Passos de Brandão ver os nossos espetáculos e tenho a certeza que vai valer a pena. Tenho a certeza que podem passar um fim de semana inesquecível e inolvidável na nossa região."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+