Tempo
|
A+ / A-

Coimbra

Concertos dos Coldplay vão obrigar ao corte de trânsito junto ao estádio

03 mai, 2023 - 17:45 • Lusa

Saiba mais sobre os condicionamentos de trânsito entre os dias 17 e 21 de maio na cidade de Coimbra.

A+ / A-

Os quatro concertos dos Coldplay, no final do mês, vão obrigar ao corte de trânsito em parte da zona circundante no Estádio Cidade de Coimbra, estando também previsto circuitos especiais dos Transportes Urbanos, anunciou esta quarta-feira o município.

Entre 16 e 22 de maio (com uma interrupção entre as 02h00 e as 23h00 de dia 19), haverá corte integral de circulação pedonal e rodoviária nas zonas mais próximas do Estádio Cidade de Coimbra, nomeadamente nas ruas do Estádio, D. Manuel I (a partir do cais de cargas do centro comercial Alma), D. João III e Jorge Anjinho, afirmou esta quarta-feira a Câmara de Coimbra, em nota de imprensa enviada à agência Lusa sobre os condicionamento provocados pelos concertos dos Coldplay, que atuam na cidade a 17, 18, 20 e 21.

Para além da interdição nas ruas que circundam o estádio, haverá também condicionamento de trânsito em várias vias numa zona mais vasta, onde só será permitida a circulação de transportes públicos, residentes, acesso a propriedade privada e ao centro comercial Alma e a empresas prestadoras de serviços e velocípedes, nos dias dos concertos, entre as 14h00 e as 20h00.

Esse condicionamento será aplicado nas ruas dos Combatentes, General Humberto Delgado, Avelar Brotero e Infanta D. Maria, Alameda Júlio Henriques e rua do Brasil, entre outras.

Relativamente aos estabelecimentos escolares na zona, haverá lugares de estacionamento para tomada e largada de crianças na rua General Humberto Delgado, junto ao Jardim de Infância da Solum, um parque de tomada e largada de crianças junto ao Jardim Escola João de Deus e outro na rua Infanta D. Maria para tomada e largada de crianças da EB1 da Solum.

“Será ainda garantido o acesso dos transportes especiais dos alunos portadores de necessidades de saúde especiais nos vários estabelecimentos”, frisou a autarquia.

Já a partir de sábado e até dia 22, o estacionamento estará interdito na rua D. Manuel I, para facilitar “as operações de montagem e de desmontagem no interior do Estádio Cidade de Coimbra”.

Haverá também interdições de venda ambulante num perímetro à volta do estádio e os estabelecimentos de restauração terão de efetuar venda ao postigo “diretamente para a rua ou através da instalação de balcões à porta dos estabelecimentos nos dias dos concertos”.

Face aos vários postos de controlo de circulação que serão assegurados pela PSP, a Câmara de Coimbra apela aos condutores a estarem munidos de documentos que atestem a sua morada ou documento relacionado com o seu local de trabalho ou a escola dos filhos.

Para facilitar a circulação das pessoas que pretendem assistir aos espetáculos, a Câmara de Coimbra reforçou a oferta de linhas que cobrem a envolvente do estádio e vai disponibilizar quatro circuitos especiais de transporte coletivo.

Nesse sentido, haverá um reforço da linha 5 (Coimbra-B - Solum), em 17 e 18 de maio, reforço da linha 5F (com um percurso semelhante) e 7T e 24T (Praça da República – Portagem – Estádio) nos dias 20 e 21 de maio.

Para além do reforço de linhas existentes, haverá quatro circuitos especiais com origem nas principais zonas de estacionamento periférico (incluindo a Estação de Coimbra-B, a paragem da FlixBus e a gare rodoviária), com horários entre as 11:00 e as 01:30 em todos os dias do concerto.

O comunicado do município identifica ainda 16 parques de estacionamento periféricos em vários pontos da cidade, que poderão ser usados para os dias dos concertos, como Coimbra-B, Quinta da Portela, Planalto de Santa Clara, Parque Verde, Rebolim ou Polo II, com uma capacidade total de 10.500 lugares.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+