A+ / A-

Hollywood

Comediante Jimmy Kimmel volta a apresentar cerimónia dos Óscares em 2023

08 nov, 2022 - 01:03 • Lusa

Quando se estreou em 2017, Kimmel anunciou, por lapso, que “La La Land”, de Damien Chazelle, tinha ganho o Óscar de Melhor Filme, quando, na verdade, o vencedor tinha sido “Moonlight”, de Barry Jenkins.

A+ / A-

O comediante norte-americano Jimmy Kimmel vai apresentar a cerimónia dos Óscares pela terceira vez, anunciou a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

O apresentador de 54 anos, que lidera o programa de entretenimento “Jimmy Kimmel Live!”, é visto pela indústria como uma aposta segura para apresentar a 95.ª cerimónia dos Óscares, cuja última edição ficou manchada pela agressão de Will Smith a Chris Rock.

“Ser convidado para apresentar os Óscares pela terceira vez é uma grande honra ou uma armadilha”, brincou Jimmy Kimmel em comunicado.

“De qualquer forma, sou grato à Academia por me propor tão rápido depois de todo o mundo ter dito não”, voltou a reinar o apresentador, que já havia assumido esse cargo em 2017 e 2018.

Quando se estreou em 2017, foi cometido um lapso quando “La La Land”, de Damien Chazelle, foi acidentalmente anunciado como o vencedor do Óscar de Melhor Filme, concedido a “Moonlight”, de Barry Jenkins, posteriormente.

O diretor e a presidente da Academia, Bill Kramer e Janet Yang, respetivamente, descreveram Jimmy Kimmel como “o anfitrião perfeito” para a cerimónia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+