Tempo
|
A+ / A-

Festival Internacional de Marionetas do Porto em dose dupla este ano

18 mar, 2022 - 17:14 • Núria Melo

O festival deste ano celebra o Dia Mundial da Marioneta e do Teatro.

A+ / A-

O Festival Internacional de Marionetas do Porto, FIMP’22, celebra-se este ano mais cedo para coincidir com o dia mundial da Marioneta e do Teatro, em março. O evento regressa em outubro com a programação habitual.

A Renascença esteve à conversa com Igor Gandra, diretor artístico do festival, que espera levar assim o laboratório de construção e manipulação de marionetas a um público mais alargado.

Em março, dia 21, os Fimpalitos, mascote do Festival Internacional de Marionetas do Porto, recebe escolas do Porto na sala de ensaios do Teatro de Ferro, em Campanhã. "Os alunos terão a oportunidade de ver nascer pelas próprias mãos uma marioneta", conta Igor Gandra.

O FIMP tem marcado para esse dia diversos workshops e a estreia do documentário “Na Palheta com Dom Roberto”.

Igor Gandra convida o público a visitar a sala de ensaios do Teatro de Ferro para assistir. O diretor conta que "é um documentário que parte de uma apresentação do Teatro Dom Roberto na edição do ano passado".

O documentário integra desde 2021 o Inventário do Património Cultural Imaterial.

Dias depois, a 27 de março, no Dia Mundial do Teatro a partir das 15h30 "o atelier é aberto a todos, miúdos e graúdos". Igor Gandra esclarece que ""a atividade está desenhada para maiores de 6 anos, mas acompanhados pela família podem participar os mais pequenos também".

Igor Gandra desvenda ainda o que se pode encontrar numa visita à sala de ensaios do Teatro de Ferro por estes dias. "Vamos ter já corpos feitos a partir de uma estrutura de madeira, com o aproveitamento de cenários e adereços de espetáculos de outras companhias", conta o diretor artístico do Festival.

Ao longo do ano a equipa foi recolhendo materiais que servirão agora para dar cor e vida às marionetas.

O Festival Internacional de Marionetas do Porto é destinado a pais e filhos que queiram construir e manipular as próprias marionetas. A entrada é gratuita e necessita de inscrição obrigatória através do e-mail fim@fimp.pt.

O FIMP promove ainda um encontro com outros públicos e com a cidade. A 21 de abril volta a ser exibido o documentário “Na Palheta com Dom Roberto” ao ar livre, na Estação de Metro da Trindade.

A segunda dose do FIMP’22 está marcado entre 7 e 16 de outubro.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+