Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

North Music Festival "vai mesmo acontecer" e garante testagem ao público

07 set, 2021 - 17:43 • Lusa

Para entrar no recinto, é necessário certificado digital ou um teste negativo à Covid-19. OneRepublic, The Script e The Waterboys, Ornatos Violeta, GNR, Capicua e Linda Martini são os destaques.

A+ / A-

O North Music Festival (NMF) "vai mesmo acontecer", de 30 de setembro a 2 de outubro, na Alfândega do Porto, garante a organização, adiantando que vai disponibilizar um local de testagem rápida à Covid-19.

Durante a apresentação do NMF, desta terça-feira, a bordo de um barco rabelo que se passeou pelo Douro, o diretor do evento, Jorge Veloso, garantiu que "o festival vai acontecer" e que está a fazer tudo para cumprir as normas impostas pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O responsável adiantou que, para se entrar no recinto, é necessário certificado digital ou um teste negativo à Covid-19.

Será também disponibilizada uma zona de testagem, na Alfândega do Porto, para quem não cumprir estas condições, garantindo igualmente a entrada a um público internacional.

"Temos hoje um bom prenúncio, quando se dizia que ia chover o dia todo e tivemos umas abertas", brincou Jorge Veloso.

"Merecemos por toda a audácia que tivemos em manter os "headliners" internacionais", considerou.

Esses cabeças de cartaz internacionais são OneRepublic, The Script e The Waterboys, num festival em que também atuam Ornatos Violeta, GNR, Capicua e Linda Martini.

Para Manel Cruz, vocalista dos Ornatos Violeta, para além do regresso de uma banda que diz ser a sua "família musical mais nuclear", o concerto agendado para dia 30 de setembro "tem a ver com o regressar à música, perspetivar o futuro".

Elísio Donas, teclista da banda, destacou ainda que "é bonito tocar aqui, [quando] passam 30 anos" desde a formação da banda.

"Não foi nada calculado, foi uma coincidência, mas é uma coincidência bonita".

Ornatos Violeta são os cabeças de cartaz do primeiro dia do festival, a 30 de setembro, num dia em que também atuam Linda Martini, ZEN, Paus, Paraguaii e Pedro Da Linha.

O Dia Mundial da Música, 1 de outubro, é celebrado com concertos dos OneRepublic, David Fonseca, Capicua, Domigues, T-Rex e Throes + The Shine.

A fechar o certame estão a banda irlandesa The Script, os escoceses The Waterboys e os GNR.

Também os GNR celebram 40 anos desde o lançamento do seu primeiro single, "Portugal na CEE".

A 22 de setembro sobem ao palco os Keep Razors Sharp, os Cassete Pirata e Moullinex com Xinobi.

Para o presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, este é um "festival que marca muito a cidade, que tem uma enorme envolvência".

O autarca garantiu que a Câmara tudo fará para possibilitar a realização do North Music Festival, e que marcará presença no evento, "independentemente dos resultados" das eleições.

A quarta edição do NFM terá igualmente um "workshop" de fotografia de concertos, um palco "sunset" e passeios de barco no rio Douro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+