Tempo
|
A+ / A-

Papa Francisco para Javier Milei: “Cortaste o cabelo?"

12 fev, 2024 - 11:55 • Aura Miguel

Primeiro encontro no domingo, audiência oficial esta segunda-feira. Presidente Milei conta com o Papa para pacificar a Argentina

A+ / A-
Foto: Vatican Media
Foto: Vatican Media
Foto: Vatican Media
Foto: Vatican Media
Foto: Vatican Media
Foto: Vatican Media

O Presidente argentino, Javier Milei, encontrou-se esta segunda-feira com o Papa numa audiência que durou mais de uma hora, duração fora do comum.

O encontro foi classificado como muito cordial, mas o comunicado final divulgado pela Santa Sé é muito escasso em detalhes. Lê-se apenas que foram valorizadas as boas relações entre a Argentina e a Santa Sé e o desejo de as reforçar e que se analisou o programa do novo governo para combater a crise económica.

O comunicado do Vaticano acrescenta que, entre outros assuntos de carácter internacional, também se falou dos “actuais conflitos e do empenho internacional pela paz”.

Com esta visita, muitos argentinos consideram estar mais próxima a possibilidade de uma visita do Papa ao seu país-natal, mas, oficialmente, o assunto não foi revelado.

Apesar das polémicas declarações contra o Papa proferidas durante a sua campanha eleitoral, Milei mudou de atitude após a eleição. Nessa altura, o próprio Francisco telefonou-lhe a dar os parabéns e, pouco tempo depois, Milei convidou oficialmente o Papa a visitar a sua terra-natal, escrevendo-lhe uma carta, onde afirma que a sua presença na Argentina representaria para todo o povo uma “mensagem de unidade” no actual contexto de crise económica e social do país.

Mais tarde, o polémico estadista também se manifestou publicamente arrependido por ter ofendido o “argentino mais importante da história”.

Esta manhã, na habitual troca de presentes, Javier Milei ofereceu ao Papa uma coleção filatélica dedicada a Mamã Antula, canonizada ontem na Basílica de São Pedro, o fac-símile de uma carta do governo argentino que nomeia, em 1854, o primeiro encarregado de negócios junto do Papa, e algumas caixas com doces típicos da Argentina.

Por sua vez, Francisco ofereceu ao jovem presidente, uma medalha de bronze inspirada no baldaquino de São Pedro e alguns volumes com documentos papais, incluindo a Mensagem para do Dia Mundial da Paz deste ano.

Papa: “Cortaste o cabelo?" Milei: “Posso dar-lhe um beijo?"

O tom cordial entre os dois argentinos já se revelou ontem quando, na Basílica de São Pedro, Javier Milei e o Papa trocaram as primeiras palavras de saudação. O Presidente participou na canonização da primeira santa argentina, Mamã Antula, e, nessa ocasião, abraçou Francisco de modo efusivo.

Um video mostra o Papa sorridente a aproximar-se de cadeira de rodas e a perguntar-lhe: “Cortaste o cabelo?”. Ambos riram e Milei, de longas patilhas e sempre despenteado, apertou-lhe as mãos e perguntou: “Posso dar-lhe um beijo?” Francisco, carinhoso como um avô, não hesitou na resposta: “Sim, filho, sim!” E Javier Mijei abraçou-o com força.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+