Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Patriarca de Lisboa anuncia criação de um centro "onde os jovens possam ser jovens"

05 jan, 2024 - 17:56 • Ricardo Vieira

D. Rui Valério gostava que o futuro centro de jovens fosse também um lugar onde quem não tem casa ou está desamparado possa "sentar para saciar a sua fome”.

A+ / A-

O patriarca de Lisboa, D. Rui Valério, anunciou como prioridade a criação de um centro “onde os jovens possam ser jovens”.

“Está planeado criarmos, um centro de jovens, onde eles se reúnem, onde eles se encontram, para viver a sua juventude naquilo que a juventude apela, seja para a espiritualidade, seja para a sua vida académica, seja para a sua vida social”, disse o patriarca.

D. Rui Valério falava na primeira edição dos Encontros de Santa Isabel 2024, que decorreu na quinta-feira à noite, em Lisboa.

O patriarca de Lisboa não se comprometeu “com prazos” para a criação do novo espaço, mas espera que o centro de jovens “irradie por toda a cidade e por toda a diocese”.

“O objetivo é que a partir deste dinamismo dos jovens nós pudéssemos contagiar, inundar todas as outras dimensões e faixas etárias da nossa diocese”, explicou D. Rui Valério, em declarações citadas pelo site do Patriarcado de Lisboa.

Numa conversa sobre “O encontro com Jesus, uma história de vida. Manter viva a chama da JMJ”, D. Rui Valério deseja que a Igreja de Lisboa “se fosse plasmando à imagem e semelhança exatamente dos jovens”.

“Não vejo outra maneira de o fazer se não assim [com a criação do centro de jovens]. Não chega pronunciarmos discursos, ou congressos, ou convénios ou textos para que isso aconteça. Aquilo que tem de acontecer é os jovens no terreno. Julgo que, a partir de um ponto alfa, se vai irradiar às periferias”, salientou.

D. Rui Valério gostava que o futuro centro de jovens fosse também “um lugar onde quem não tem casa, quem não tem teto, quem se sente desamparado, soubesse que, ali, tem sempre uma porta aberta, soubesse que tem sempre, ali, uma mesa onde se possa sentar para saciar a sua fome”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+