A+ / A-

Novo apelo do Papa pelo fim das vítimas inocentes da guerra e das migrações

17 dez, 2023 - 12:23 • Aura Miguel

Francisco faz este domingo 87 anos, mas não se referiu à efeméride.

A+ / A-

O Papa reiterou, esta manhã, a sua preocupação pelo aumento das vítimas da guerra e das migrações ilegais, pedindo um redobrado esforço de todos para se pôr fim a estas crescentes tragédias.

“Desejo recordar hoje os milhares de emigrantes que tentam atravessar a selva de Darién, entre a Colômbia e o Panamá. Trata-se quase sempre de famílias com crianças, que se aventuram em percursos perigosos, enganados por quem falsamente lhes promete uma via breve e segura, malgrados e roubados”, afirmou o Santo Padre.

“Muitos perdem a vida naquela selva. Precisamos do esforço conjunto dos países mais diretamente interessados e da Comunidade internacional para evitar que esta trágica realidade passe silenciosamente despercebida e para que todos juntos dêem uma resposta humanitária”.

O preocupante alastramento da guerra em diferentes zonas, desde a Ucrânia à Terra Santa, também mereceu um novo apelo. “Que a proximidade do Natal reforce o empenho para abrir estradas de paz”, pediu Francisco.

“Continuo a receber de Gaza notícias muito graves e dolorosas. Civis indefesos são objecto de bombardeamentos e de disparos. E isto aconteceu até dentro do complexo paroquial da Santa Família, onde não existem terroristas mas famílias, crianças, pessoas doentes e portadoras de deficiência, religiosas… Uma mãe a sua filha, a Sra. Nahida Khalil Anton e a filha Samar Kamal Anton, foram mortas e outras pessoas feridas por atiradores especiais, quando se dirigiam à casa de banho”.

O Papa também lamentou os danos causados na casa das Irmãs da Madre Teresa, que atingiram o seu gerador. “Dizem que é o terrorismo, é a guerra. Sim, é a guerra, é o terrorismo. Por isso, a Escritura diz que ‘Deus põe fim às guerras, derruba os arcos e quebra as lanças’. Rezemos ao Senhor pela paz”, implorou o Papa.

Francisco, que faz hoje 87 anos, foi aplaudido por milhares de fiéis reunidos esta manhã na Praça de São Pedro, com vários cartazes de parabéns, mas não se referiu à efeméride.

[notícia atualizada às 13h37 de 17 de dezembro de 2023]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+