Tempo
|
A+ / A-

Angelus

Papa renova pedidos de oração pela paz

08 dez, 2023 - 12:11 • Aura Miguel

Francisco voltou a rezar o Angelus, depois de uma ausência de duas semanas, por motivos de saúde. Renovou votos pela paz na Ucrânia, na Palestina e em Israel e anunciou a primeira Jornada Mundial da Criança

A+ / A-

Após uma ausência de duas semanas, por motivos de saúde, o Papa surgiu esta manhã à janela do Palácio apostólico para rezar o Angelus.

Visivelmente recuperado, ainda que ligeiramente ofegante, Francisco implorou a paz e pediu que os fiéis se associem às suas orações previstas para o inicio da tarde.

Francisco cumprirá a tradição pontifícia de visitar, a 8 de dezembro, a basílica de Santa Maria Maior e homenagear a Imaculada Conceição junto ao Obelisco da Praça de Espanha, no centro de Roma.

“Vou rezar a Nossa Senhora e peço a todos, especialmente aos romanos, que se unam a mim espiritualmente nestes gestos de entrega à nossa Mãe, rezando, em particular, pela paz”, disse o Santo Padre.

Paz na Ucrânia, paz na Palestina e em Israel e, em todas as terras feridas pela guerra, peçamos a paz. “Que os corações se pacifiquem e que haja paz”.

Também no final do Angelus, o Papa anunciou que a 25 e 26 de maio do próximo ano se realizará, em Roma, a primeira Jornada Mundial da Criança. A iniciativa, patrocinada pelo Dicastério para a Cultura e Educação, presidida pelo cardeal português D. José Tolentino de Mendonça, pretende responder à pergunta “Que tipo de mundo desejamos transmitir às crianças que estão a crescer?”.

Francisco acrescentou que “à semelhança de Jesus, queremos pôr as crianças no centro e cuidar delas”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+