Tempo
|
A+ / A-

Patriarca tem "primeiro grande encontro" com jovens na Jornada Diocesana da Juventude

27 out, 2023 - 15:41 • Ecclesia

Encontro está marcado para 26 de novembro. D. Rui Valério realça que há um lugar onde o “espírito da Jornada Mundial da Juventude se vai reavivar”.

A+ / A-

O Patriarcado de Lisboa vai realizar a Jornada Diocesana da Juventude (JDJ), dia do “primeiro grande encontro dos jovens com o seu novo patriarca”, e D. Rui Valério convidou à participação, dia 26 de novembro, em Vila Franca de Xira.

“Vem, partilha, vem, testemunha, vem, e mostra como é na esperança que encontramos alegria e é na alegria que realizamos a nossa esperança”, convida D. Rui Valério, num vídeo para a JDJ 2023.

O Patriarcado de Lisboa informa que os jovens da diocese voltam a reunir-se na Jornada Diocesana da Juventude (JDJ) na Solenidade de Cristo Rei do Universo, este ano no dia 26 de novembro e na cidade de Vila Franca de Xira, a partir das 09h30.

“A Jornada Mundial da Juventude além de ter sido um evento, agora está a ser um processo que está a continuar: O que se viveu, o que se recebeu, tudo isso se transformou em esperança. Uma esperança que nos dá força para uma atitude interior de alegria, que nós sentimos não poder ficar conservada no coração de cada um. É o momento de a partilhar, é o momento de a levar aos outros, é o momento de a testemunhar”, desenvolve D. Rui Valério.

O diretor do Serviço da Juventude do Patriarcado de Lisboa assinala também que a JDJ 2023 acontece três meses depois da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e “será um momento de recordar e voltar a viver toda a alegria de acolhermos o Santo Padre e os jovens de todo o mundo”.

“Muitos jovens perguntam: ‘vivemos a JMJ e agora?’. Nesse sentido este encontro marca também o início de uma nova etapa. Aproveitando todo o caminho que foi feito nos últimos anos, é agora tempo de escutar os jovens para daí projetar a pastoral juvenil”, acrescenta João Clemente.

D. Rui Valério realça que há um lugar onde o “espírito da Jornada Mundial da Juventude se vai reavivar” e convida os jovens da diocese, sobretudo, a “dar corpo àquela certeza de que a experiência de agosto não foi apenas um evento que está parado no tempo passado”.

‘Alegres na Esperança’ é o mote desta Jornada Diocesana da Juventude 2023 e, segundo o Patriarcado de Lisboa, insere-se num caminho que iniciado este mês de outubro com encontros de jovens a nível vicarial e que vai continuar com o Fórum ‘Geração RiseUp’, em dezembro.

Este encontro, no dia 26 de novembro, vai ter como ponto central o Pavilhão Multiusos de Vila Franca de Xira, mas os participantes vão andar por vários pontos emblemáticos da cidade – o Ateneu Artístico Vilafranquense, a Fábrica das Palavras, o Celeiro da Patriarcal e o Museu do Neorrealismo -, onde têm vários workshops dirigidos aos jovens entre os 15 e os 30 anos.

Segundo o programa da Jornada Diocesana da Juventude de Lisboa também vai existir um espaço de confissões, o ‘Parque do Perdão’, a partir das 13H00, e um espaço de descoberta de carismas da Igreja, a Feira Vocacional, que funciona todo o dia, o patriarca preside à Missa de envio, às 17h00, antes têm um concerto do músico e compositor Buba Espinho, pelas 15h00.

No dia 26 de setembro, o Vaticano anunciou os temas para as duas próximas celebrações diocesanas da Jornada Mundial da Juventude – 2023 e 2024 -, a caminho do Jubileu dos Jovens de 2025

A celebração da XXXVIII Jornada Mundial da Juventude vai decorrer a 26 de novembro de 2023, solenidade litúrgica de Cristo-Rei, com o tema ‘Alegres na esperança”, da Epístola de São Paulo aos Romanos (cf. Rm 12, 12).

Para a XXXIX Jornada Mundial da Juventude, em 2024, o Papa escolheu o tema ‘Aqueles que esperam no Senhor caminham sem se cansar, uma passagem do livro do profeta Isaías (cf. Is 40, 31).

Cada JMJ realiza-se, anualmente, a nível diocesano (inicialmente no Domingo de Ramos e atualmente na solenidade litúrgica de Cristo-Rei), alternando com um encontro internacional , numa grande cidade; até hoje houve 37 JMJ, com 15 edições internacionais em quatro continentes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+