A+ / A-

Jornada Mundial da Juventude

Calculador vai indicar pegada carbónica dos peregrinos inscritos na JMJ

04 jul, 2023 - 16:46 • Redação com Lusa

Desenvolvido pela Novo Verde e a ERP Portugal, o simulador "contempla as atividades realizadas deste o ponto de origem até ao último dia da jornada".

A+ / A-

Os peregrinos inscritos na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 vão poder conhecer a sua pegada carbónica, com recurso a um calculador que ficará disponível na aplicação do encontro, foi anunciado pela organização.

O calculador, desenvolvido pela Novo Verde e a ERP Portugal, entidades gestoras de resíduos de embalagem e de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos, "contempla as atividades realizadas deste o ponto de origem até ao último dia da jornada".

"Através de um questionário inicial é possível a cada peregrino, descobrir a sua pegada estimada até ao final do encontro", informa a organização da JMJ Lisboa 2023, acrescentando que, com a ajuda de um manual, "o peregrino tem a possibilidade de aprender, melhorar e mitigar ações, por forma a reduzir o seu impacto".

Para a organização da JMJ, "estas medidas de mitigação permitem uma maior consciencialização ambiental, levando a que cada peregrino adote práticas mais sustentáveis, não apenas na Jornada Mundial da Juventude, mas para o resto da sua vida".

O calculador da pegada carbónica será apresentado na tarde da próxima quinta-feira, durante uma visita de representantes da Novo Verde e da ERP Portugal à sede da JMJ. Nesse dia, também o presidente do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, Nuno Banza, será recebido pelo presidente da Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023, bispo D. Américo Aguiar.

"A JMJ Lisboa 2023 assume um forte compromisso com a sustentabilidade, pretendendo que seja incorporada nas múltiplas vertentes da sua organização e também na consciencialização dos peregrinos para que assumam esta preocupação ao longo de toda a sua vivência", assegurou o Comité Organizador Local da Jornada, em comunicado.

Lisboa foi a cidade escolhida pelo Papa Francisco para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer entre os dias 1 e 6 de agosto deste ano, com as principais cerimónias a terem lugar no Parque Eduardo VII e no Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

O primeiro encontro aconteceu em 1986, em Roma, tendo já passado, nos moldes atuais, por Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

A edição deste ano, que será encerrada pelo Papa, esteve inicialmente prevista para 2022, mas foi adiada devido à pandemia de covid-19.

O Papa Francisco foi a primeira pessoa a inscrever-se na JMJ Lisboa 2023, no dia 23 de outubro de 2022, no Vaticano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+