Tempo
|
A+ / A-

Grupo VITA recebe 23 novas denúncias de abusos na Igreja

26 jun, 2023 - 22:31 • Redação

A maioria das alegadas vítimas são do Norte do país.

A+ / A-

O Grupo VITA recebeu, no primeiro mês de atividade, 23 novas denúncias de alegados abusos cometidos por padres, avançou esta segunda-feira o Jornal de Notícias.

O grupo criado pela Igreja Católica, que é liderado por Rute Agulhas, vai começar esta semana a enviar às dioceses e aos institutos religiosos os dados referentes aos 23 sacerdotes.

A maioria das alegadas vítimas são do Norte do país.

“Apesar dos relatos serem de acontecimentos ocorridos há dezenas de anos, os sacerdotes estão todos no ativo e estão a ser sinalizados”, disse Rute Agulhas ao Jornal de Notícias.

O Grupo VITA é o organismo criado para acolher, escutar, acompanhar e prevenir as situações de violência sexual de crianças e adultos vulneráveis no contexto da Igreja Católica.

A Renascença tentou contactar Rute Agulhas, mas sem sucesso.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+