Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

JMJ: Cinemateca exibe escolhas cinéfilas do Papa Francisco

27 jun, 2023 - 14:47 • Lusa

O ciclo será de 28 a 31 de julho e abre com "A Estrada" (1954), de Federico Fellini.

A+ / A-

A Cinemateca Portuguesa dedica, em julho, um pequeno ciclo de cinema às escolhas cinéfilas do Papa Francisco, nas vésperas da Jornada Mundial da Juventude (JMJ 2023), que Lisboa acolhe em agosto.

"Ao todo, serão cinco filmes que nos darão a conhecer o gosto cinéfilo de uma figura incontornável do século XXI e que nunca abdicou de revelar o seu lado mais pessoal", escreve a Cinemateca Portuguesa na programação de julho.

O ciclo será de 28 a 31 de julho e abre com "A Estrada" (1954), de Federico Fellini, que, lembra a Cinemateca, "causou acirrada polémica na Europa: a esquerda considerou-o "reacionário" e acusou Fellini de trair o neorrealismo, ao passo que as vozes oficiais católicas foram extremamente prudentes".

Protagonizado por Anthony Quinn e Giulietta Masina, o filme de Fellini "conta a história da jovem Gelsomina que é vendida ao cigano Zampanò, que se exibe em feiras de aldeia a rebentar correntes com o tórax. Ela exerce as funções de criada, assistente e mulher do homem, tenta fugir e tudo acabará tragicamente", refere a sinopse.

Segundo a Cinemateca, as escolhas deste ciclo têm por referência uma entrevista que o Papa Francisco deu em 2013 ao jornal L"Osservatore Romano, na qual referia "a sua antiga paixão pelo cinema e a importância deste na sua formação pessoal e espiritual".

Além do filme de Fellini, o ciclo contará com outros dois filmes italianos: "Esposos perante Deus" (1941), de Mario Camerini, e "As crianças olham Para nós" (1952), de Vittorio de Sica.

A eles juntam-se ainda "Rapsódia em agosto" (1991), de Akira Kurosawa, e "A festa de Babette" (1987), de Gabriel Axel.

O argentino Jorge Bergoglio, arcebispo emérito de Buenos Aires, foi eleito Papa da Igreja Católica, com o nome Francisco, em março de 2013 aos 76 anos.

O Papa Francisco é esperado na Jornada Mundial da Juventude, que Lisboa acolhe de 01 e 06 de agosto e que, segundo os dados mais recentes, contará com mais de 650 mil jovens já inscritos.

O ciclo da Cinemateca Portuguesa, agora anunciado, fará parte do Festival da Juventude, que decorrerá no âmbito da Jornada Mundial da Juventude, e cujo programa deverá contar ainda com música, exposições, teatro, dança, conferências e eventos religiosos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+