Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Salesianos lançam campanha de apoio à Síria após sismo

08 fev, 2023 - 13:24 • Ângela Roque

Recolha de donativos através da ‘Missão Dom Bosco – Fundo Solidário Salesiano’, e destina-se aos habitantes de Alepo, onde um centro da congregação está a servir de abrigo a centenas de pessoas. “As necessidades são muitas”, confirma coordenador do projeto.

A+ / A-

Aleppo, na Síria, foi uma das cidades atingidas pelo terramoto que na segunda-feira atingiu aquele país e também a Turquia, causando milhares de mortos e largas centenas de feridos e desaparecidos. A par do trabalho de busca e salvamento - que prossegue, na tentativa de encontrar sobreviventes - há que apoiar quem ficou desalojado.

Para responder à atual situação de emergência, a Congregação Salesiana organizou-se, a nível mundial. Em Portugal está já a decorrer uma campanha solidária. A recolha de donativos está a ser feita através da ‘Missão Dom Bosco – Fundo Solidário Salesiano’, e destina-se aos habitantes de Alepo, onde um centro da congregação já serve de abrigo a centenas de pessoas, como confirma à Renascença Luis Henriques, coordenador do projeto.

“A Província Salesiana do Médio Oriente tem uma presença naquela cidade e está neste momento a acolher cerca de 300 pessoas, um número que é impossível prever onde irá parar”, sublinha aquele responsável, que explica que ali foram acolhidos e receberam roupas quentes, comida e estão a ter apoio psicológico. A campanha privilegia os donativos em dinheiro, que será enviado a quem está no terreno para “providenciar tudo o que é necessário ao acolhimento daquelas famílias”.

As estruturas dos salesianos em Alepo "não foram afetadas pelo sismo, e estão em relativamente bom estado e com capacidade de receber quem precisa”. Mas Luis Henriques lembra que a Síria “estava a recuperar de 12 anos de guerra”, e que muitos dos edifícios que sobreviveram a bombardeamentos, não escaparam agora aos abalos, havendo centenas de mortos, feridos e desalojados.

“Os relatos que temos são ainda muito precoces e apontam para cerca de 900 vítimas mortais e centenas de edifícios que ruíram, só naquela zona de Alepo. As necessidades lá são neste momento enormes, porque o número e a afluência das pessoas ao nosso centro é cada vez maior e torna-se necessário acolhê-las.”

A campanha solidária pode ser consultada no site dos Salesianos, onde se explica as diversas formas de pagamento.

O terramoto de magnitude 7.8 na escala de Richter atingiu a Turquia e a Síria na madrugada de segunda-feira, causando milhares de mortos, e centenas de feridos e desaparecidos.

O abalo teve epicentro em Kahramanmaraş, no sul da Turquia, junto à fronteira noroeste da Síria, país onde o abalo destruiu centenas de edifícios. No terreno, várias equipas de busca e salvamento trabalham em contrarrelógio para encontrar sobreviventes.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+