A+ / A-

Mensagem de Natal

Bragança-Miranda convida à oração pelos que sofrem

22 dez, 2022 - 08:00 • Olímpia Mairos

Na mensagem natalícia, o administrador diocesano recorda que “para que haja Natal em nosso tempo e no coração humano, urge partir apressadamente ao encontro de tantos que nos esperam para lhes levar o Evangelho”.

A+ / A-

O administrador diocesano de Bragança-Miranda evoca na mensagem de Natal, que dirige à diocese, a guerra na Ucrânia e exorta à oração por aquele povo sofredor.

“Neste Natal, ensombrado por guerras destruidoras, o Papa Francisco convida-nos a intensificar a oração e a ter presentes os irmãos que sofrem, em especial os da Ucrânia que vivem o horror diário das bombas, da fome, do frio e da morte”, escreve o monsenhor Adelino Paes.

O administrador diocesano lembra que “Maria, acolhendo o Verbo Divino em seu coração e seio virginal, ‘levantou-se e partiu apressadamente’ ao encontro de Isabel, a necessitar de presença e ajuda”, assinalando que “para que haja Natal em nosso tempo e no coração humano, urge partir apressadamente ao encontro de tantos que nos esperam para lhes levar o Evangelho vivo: Jesus Cristo, único Salvador”.

“Com Maria, os humildes pastores e os de longe, iremos, decidida e serenamente,

pois quem procura ou leva a Paz, procura ou leva Cristo; e o bem-fazer é o melhor bem-estar…”, escreve, assegurando que “continuaremos este caminho de Encontro, para que o nosso mundo se reencontre também na fraternidade, na justiça e na Paz”.

A terminar a mensagem, o monsenhor Adelino Paes deseja a todos um “Santo Natal do Senhor” e um “Feliz e esperançoso Ano Novo”.

A Diocese de Bragança-Miranda está em sede vacante desde o passado dia 14 de fevereiro, data em que o Colégio de Consultores elegeu o monsenhor Adelino Paes para a administrar temporariamente.

Na Catedral de Bragança, a Missa do Galo, dia 24, às 23h00, e a Missa de Natal, dia 25, às 18h00, serão presididas pelos párocos da cidade (Unidade Pastoral Senhora das Graças).

D. Delfim Gomes presidirá às celebrações de Natal na igreja matriz de Vila Flor, dia 24, às 23h00, e dia 25, às 11h00.

O bispo auxiliar de Braga foi pároco naquele concelho até à data da sua nomeação episcopal e como ainda não foi nomeado um sucessor, cumpre, assim, a promessa de estar como Pastor junto daquelas que foram as suas comunidades.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+