Tempo
|
A+ / A-

Papa em Asti para os 90 anos da prima. “Vê se não morres até lá”, disse-lhe Francisco ao telefone

18 nov, 2022 - 16:44 • Aura Miguel

Carla Rabezzana é prima do Papa, vive em Asti, na região do Piemonte, e celebra 90 anos este sábado.

A+ / A-

O Papa Francisco marca presença no 90.º aniversário da prima Carla. A azáfama, nestes dias, é grande para preparar os encontros que o seu famoso primo em segundo grau vai ter em privado, com a aniversariante, a família mais próxima e parentes afastados, que se vão juntar na terra dos seus pais e avós.

Os petiscos que Carla e outros cinco primos estão a preparar, incluem um prato carne assada com muitos legumes e um "bunet", um pudim feito à base de cacau, típico da cozinha piemontesa. Quanto ao bolo de anos, as velas só serão apagadas no domingo, durante o almoço para o qual o bispo de Asti também foi convidado.

Jorge Bergoglio costumava ficar em casa da sua prima Carla, sempre que se deslocava a Alemanha, quando estudava teologia, ou sempre que passava por Roma, para participar em reuniões enquanto cardeal de Buenos Aires. Desde então, telefonam-se com regularidade, habitualmente, uma vez por mês.

“Quando o Jorge me ligou há dois meses para me dizer que vinha cá festejar os meus anos, emocionei-me e disse-lhe que o meu coração estava aos pulos. Ao que ele, com a sua habitual ironia me respondeu: ‘Vê se não morres até lá’. E desatámos a rir”. conta Carla.

Nesta sexta-feira, numa entrevista ao diário italiano La Stampa, o Papa reconhece que “há muito tempo que queria passar algumas horas com meus parentes nos lugares da minha família". Francisco confirma que, “sempre que podia, deslocava-me até ao Piemonte para ver os primos do meu pai. Somos muito próximos. Com a prima mais velha, Carla, conversamos frequentemente pelo telefone. Amanhã também estaremos juntos com outros cinco primos, e isto enche-me de alegria”.

Além dos encontros de caracter privado no sábado, o Santo Padre celebra missa e profere a oração do Angelus na Catedral de Asti.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+