A+ / A-

Papa Francisco diz que mulheres melhoraram mais o Vaticano do que homens

06 nov, 2022 - 18:00 • Redação com Reuters

Francisco destacou o trabalho da irmã Raffaella Petrini, secretária-geral do governato do Vaticano nomeada pelo Papa, responsável por cerca de dois mil funcionários, afirmando que "as coisas melhoraram".

A+ / A-

O Papa Francisco disse este domingo que as mulheres que ele nomeou no Vaticano têm melhorado o Vaticano e realçou o machismo que ainda existe na Igreja Católica e na sociedade.

"Reparei que sempre que uma mulher vai para uma posição com responsabilidade no Vaticano, as coisas melhoram", apontou, em declarações à imprensa no voo de regresso a Roma, depois da sua viagem ao Bahrain.

Francisco destacou o trabalho da irmã Raffaella Petrini, secretária-geral do governato do Vaticano nomeada pelo Papa, responsável por cerca de dois mil funcionários, afirmando que "as coisas melhoraram".

"É uma revolução, porque as mulheres sabem encontrar a forma certa para irmos em frente", notou.

"As mulheres são uma dádiva. Deus não criou um homem e um cãozinho feliz para brincar. Ele criou o homem e a mulher. Uma sociedade que não permite as mulheres terem papéis importantes não consegue progredir", realçou, ainda.

Papa pede a líderes do Líbano que coloquem de lado divergências pessoais

Na mesma declaração à imprensa, o Santo Padre apelou aos líderes do Líbano para colocar de lado as suas divergências pessoais e chegarem a um consenso para ajudar o país a superar a crise económica e política.

"O Líbano está a sofrer", referiu Francisco, admitindo estar "em grande sofrimento" pelo caos que se vive no país.

"Primeiro Deus, depois o país e por fim os vossos interesses", pediu o Papa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+