Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

​Papa recebe JMJ Lisboa. “Está tudo a correr da melhor forma”

29 set, 2022 - 16:20 • Ângela Roque

Presidente da Fundação JMJ foi recebido pelo Papa, no Vaticano, e não esconde otimismo. D. Américo Aguiar diz que se tratou apenas de mais um encontro de preparação para a Jornada Mundial da Juventude e recusou adiantar se a polémica relativa aos abusos, que tem envolvido o Patriarcado de Lisboa, foi ou não abordada.

A+ / A-

O bispo auxiliar de Lisboa e presidente da Fundação JMJ, D. Américo Aguiar, foi esta quinta-feira recebido em audiência pelo Papa Francisco, no Vaticano.

Em declarações à Renascença, D. Américo Aguiar sublinha que esta “foi a terceira visita para ir partilhando com o Papa o caminho que estamos a fazer de preparação da Jornada Mundial da Juventude, para que esteja a par, e que em relação a algumas coisas possamos ter a sua opinião”, para que as decisões seja sempre tomadas “de acordo com o sentir, o coração e o pulsar daquilo que são as expectativas e os sonhos do Papa em relação à JMJ”.

D. Américo Aguiar garante que o encontro “correu muito bem”, e diz que encontrou diferença, para melhor, na condição física do Santo Padre.

“Encontrei-o como sempre, simpático, feliz, alegre, muito atento e curioso. E pareceu-me fisicamente muito melhor do que na última vez que nos encontrámos, em relação ao seu joelho, à sua limitação física”, o que o leva a concluir que “está tudo a correr da melhor maneira para que possamos contar com o Papa a 100%, como desejamos todos".

D. Américo Aguiar garante que o Papa ficou satisfeito com o que ouviu, e que a preparação da Jornada está a decorrer dentro dos prazos previstos, apesar do atual clima de incerteza económica em que vivemos.

“Está tudo a correr da melhor forma, com os problemas e dificuldades que partilhamos com o país e com as famílias, com estas incertezas e tudo aquilo que nos obriga a cada momento, em colaboração com o governo, com as autarquias e todos os parceiros, irmos desenhando aqueles que são os caminhos possíveis, mas tudo dentro de uma planificação que nos ajudará a que tudo esteja conforme, na data em que as coisas vão acontecer", afirma.

Quanto às inscrições para a JMJ, abrirão em outubro, quando houver condições informáticas para avançar. “A data que vamos apontando é o fim do mês de outubro, porque a decisão da data também encaixa em problemas de software informático. Quando tivermos a certeza de que o sistema informático está validado e está com possibilidade de ser utilizado, marcaremos formalmente a data de abertura das inscrições. É só por isso".

O bispo auxiliar de Lisboa recusou adiantar se na audiência com o Papa foi abordada a polémica dos abusos sexuais de menores que colocaram em causa a gestão do cardeal D. Manuel Clemente em relação à alegada ocultação de casos no Patriarcado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+