Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Papa obrigado a descansar dez dias após infiltração no joelho

02 mai, 2022 - 16:45 • Aura Miguel

Há mais de um ano que as dores no joelho do Santo Padre se agravam. Os especialistas acreditam que a artrose que aflige Francisco está relacionada com a operação que realizou em 1994, para colocar uma prótese da anca direita.

A+ / A-

O Papa Francisco viu-se obrigado a cancelar, durante dez dias, a sua presença em várias celebrações importantes, para não agravar o problema que tem na anca e no joelho da perna direita.

Ao contrário do previsto, o Papa não vai presidir, na próxima sexta-feira, ao juramento dos novos guardas suíços nem, no próximo domingo, à ordenação de novos padres da diocese de Roma.

“Tenho um problema, esta perna não está bem, não funciona e o médico disse-me para não andar. Gosto de andar, mas desta vez tenho de obedecer ao médico”, desabafou Francisco a um grupo de peregrinos eslovacos no passado sábado.

“Por isso, peço-vos o sacrifício de subirem estas escadas e eu saúdo-vos aqui sentado. É uma humilhação que ofereço pelo vosso país”, acrescentou.

Esta segunda-feira, na audiência que concedeu à Federação Internacional dos Farmacêuticos Católicos, o Papa voltou a pedir desculpa pelo encontro se realizar na Casa Santa Marta, onde vive, e não no Palácio apostólico como deveria ter sido. “Desculpem, é por causa do meu joelho”, afirmou.

Há mais de um ano que se agravam as dores no seu joelho, com sérias consequências na postura e movimentos da anca direita, sempre que o Papa tem de caminhar.

Numa entrevista ao diário argentino “Clarín”, o cirurgião ortopedista Francesco Bove considera que a artrose que aflige Francisco está relacionada com a operação que realizou em 1994 para colocar uma prótese da anca direita.

“A prótese, com uma carga desequilibrada sobre a articulação é parcialmente responsável pelo que se passa”, explica o especialista, “mas isto também é frequente acontecer entre os sacerdotes e religiosas que passam muito tempo de joelhos, a rezar”.

Os especialistas optaram agora por fazer uma infiltração no joelho, e consequente repouso de dez dias, mas o professor Bove alerta que, “se o tempo passar e o doente não melhorar, terá de se pensar numa intervenção cirúrgica para restabelecer o funcionamento articular”.

Para já, o Vaticano não adianta pormenores, mas a imprensa italiana refere que aos médicos terão avisado o Papa para os riscos, se esta pausa não for cumprida, de não poder cumprir a agenda do próximo verão que prevê viagens ao Líbano, República do Congo, Sudão do Sul, Canadá e Cazaquistão.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+