Tempo
|
A+ / A-

Papa diz que pandemia não justifica insegurança no emprego

29 jan, 2022 - 13:57 • Redação com Lusa

Para Francisco, a crise pode ser enfrentada “como uma oportunidade para crescer juntos em solidariedade e qualidade do trabalho”.

A+ / A-

O Papa diz que a pandemia não deve se usada como desculpa para negligenciar a justiça no trabalho. Francisco mostrou a sua proximidade com as pessoas que vivem situações difíceis, durante uma audiência que realizou no Vaticano com membros da Associação Italiana de Químicos do Couro.

“Muitos trabalhadores e muitas famílias estão a passar por situações difíceis, agravadas pela pandemia. Mas esta não pode e não deve tornar-se uma desculpa para justificar omissões na justiça ou na segurança.”

O Papa defendeu que a crise pode ser enfrentada “como uma oportunidade para crescer juntos em solidariedade e qualidade do trabalho”.

Nesta intervenção, pediu que o setor, que utiliza produtos químicos, se consciencialize sobre a importância de proteger o meio ambiente.

“Há outro aspeto que eu gostaria de abordar… o impacto ambiental de atividades que, como a sua, usam produtos químicos para tratar materiais, no seu caso couro destinado a transformar-se em bolsas, sapatos e tantas coisas que usamos todos os dias. Vocês também são chamados a dar uma contribuição específica para o cuidado da nossa casa comum”, concluiu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+